terça-feira, 30 de setembro de 2014

Dispensa de ponto SINESP

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – 31/12/2013 – PÁGINA 9
PORTARIA Nº 7.290, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2013

  DISPÕE SOBRE A DISPENSA DE PONTO AOS AFILIADOS PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS PROGRAMADOS PELO SINDICATO DOS ESPECIALISTAS DE EDUCAÇÃO DO ENSINO PÚBLICO MUNICIPAL DE SÃO PAULO – SINESP, PARA O ANO DE 2014.

  O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, à vista do que lhe representou o Presidente SINESP por meio do Ofício nº 136/13 e considerando o disposto
no artigo 53, XII e XIII da Lei 14.660/07 c/c artigo 98 da Lei 11.434/93 e no artigo 1º, VIII e IX do Decreto 48.743/07, RESOLVE:
Art. 1º – Fica autorizada a dispensa de ponto do dia, inclusive do referente ao cargo em acumulação, os filiados para participarem de reuniões e eventos programados pelo SINESP no ano de 2014, na seguinte conformidade:
I - Reunião de Representantes sindicais: 02 (dois) representantes por Unidade de Trabalho, nas seguintes datas:
I.a – de 11 de fevereiro a 14 de março de 2014 – uma reunião regionalizada por Diretoria Regional de Educação:
a)      DRE Pirituba – 11/02/14;
b)      DRE Campo Limpo – 12/02/14;
c)       DRE São Mateus – 13/02/14;
d)      DRE Freguesia/Brasilândia – 14/02/14;
e)       DRE Penha – 25/02/14;
f)       DRE Butantã – 26/02/14;
g)      DRE São Miguel – 27/02/14;
h)      DRE Santo Amaro – 28/02/14;
i)       DRE Ipiranga – 10/03/14;
j)       DRE Guaianases – 11/03/14;
l)       DRE Capela do Socorro – 12/03/14;
m)     DRE Itaquera – 13/03/14;
n)       DRE Jaçanã/Tremembé – 14/03/14;
I.b – Reuniões bimestrais: 29/04, 06/06, 22/08, 09/10 e 10/12/14;
II – Congresso Anual de Educação para filiados ao SINESP:
período de 23 a 26/09/14;
III – Fórum de Formação Sindical e Educacional para filiados ao SINESP: dias 07 e 08/05/14;
IV - Reunião dos membros do Conselho de Representantes – CREP, nas seguintes datas: 24/03, 22/05, 30/07 e 27/11/14.  
Art. 2º – Os profissionais de educação filiados a mais de um Sindicato deverão optar por um deles, anualmente e de forma expressa e irretratável, para usufruírem das dispensas de ponto de que trata esta Portaria, cabendo a cada Unidade de Trabalho o pertinente registro das opções realizadas.
Parágrafo Único – A opção por um dos Sindicatos referida no caput deste artigo estender-se-á para a Unidade do cargo em acumulação, se houver.
Art. 3º – Após o encerramento dos eventos, os participantes deverão multiplicar aos seus pares, nas Unidades de Trabalho, os conteúdos debatidos e as conclusões alcançadas.  
Art. 4º – Os servidores abrangidos nesta Portaria deverão encaminhar à Chefia Imediata os comprovantes de participação, no prazo de 03 (três) dias úteis, contados do encerramento dos eventos, sendo dispensada a entrega de relatório.  
Art. 5º - Ficam incluídos nas dispensas concedidas nesta Portaria, além dos participantes especificados, os membros eleitos da Diretoria do Sindicato, que não detêm afastamento sindical.
Art. 6º – Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.


OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.

Dispensa de ponto - SINDSEP

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – 31/12/2013 – PÁGINA 9
PORTARIA Nº 7.289, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2013

  DISPÕE SOBRE A DISPENSA DE PONTO AOS AFILIADOS PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS PROGRAMADOS PELO SINDICATO DOS TRABALHADORES NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E AUTARQUIAS DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO –
SINDSEP PARA O ANO DE 2014.

  O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, à vista do que lhe representou a Presidente SINDSEP por meio do Ofício SG nº 655/13 e considerando o
disposto no artigo 53, XII e XIII da Lei 14.660/07 c/c artigo 98 da Lei 11.434/93 e no artigo 1º, VIII e IX do Decreto 48.743/07, RESOLVE:

Art. 1º – Fica autorizada a dispensa de ponto do dia, inclusive do referente ao cargo em acumulação, os afiliados para participarem de reuniões e eventos programados pelo SINDSEP no ano de 2014, na seguinte conformidade:
I – Reuniões Bimestrais de Representantes: 02 (dois) representantes por Unidade de Trabalho, nas seguintes datas: 06/02, 24/04, 26/06, 21/08, 23/10 e 11/12/14;
II – Reunião dos membros do Conselho Diretor do Sindicato:
17/01; 21/03; 30/05; 18/07; 19/09 e 14/11/14;
III – Seminário de Educação: 14 e 15/08/14;
VI – Cursos de Formação Sindical para lotados nas Unidades Educacionais e órgãos da SME:
a) Profissionais dos quadros docentes e gestores educacionais:
29/08/14;
b) Profissionais dos quadros de apoio à educação e do nível básico e médio da PMSP: 12/09/14;
c) Profissionais ocupantes dos cargos de Especialista em Informações Técnicas, Culturais e Desportivas, Disciplinas: Biblioteconomia e Educação Física: 26/09/14.

Art. 2º – Os profissionais de educação afiliados a mais de um Sindicato deverão optar por um deles, anualmente e de forma expressa e irretratável, para usufruírem das dispensas de ponto de que trata esta Portaria, cabendo a cada Unidade de Trabalho o pertinente registro das opções realizadas.  Parágrafo Único – A opção por um dos Sindicatos referida no caput deste artigo estender-se-á para a Unidade do cargo em acumulação, se houver.
Art. 3º – Após o encerramento dos eventos, os participantes deverão multiplicar aos seus pares, nas Unidades de Trabalho, os conteúdos debatidos e as conclusões alcançadas.
Art. 4º – Os servidores abrangidos nesta Portaria deverão encaminhar à Chefia Imediata os comprovantes de participação, no prazo de 03 (três) dias úteis, contados do encerramento dos
eventos, sendo dispensada a entrega de relatório. 
Art. 5º - Ficam incluídos nas dispensas concedidas nesta Portaria, além dos participantes especificados, os membros eleitos da Diretoria do Sindicato, que não detêm afastamento sindical.
Art. 6º – Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.


OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.

Dispensa de ponto SEDIN

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – 31/12/2013 – PÁGINA 9
PORTARIA Nº 7.288, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2013

  DISPÕE SOBRE A DISPENSA DE PONTO AOS AFILIADOS PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS PROGRAMADOS PELO SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS UNIDADES DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA REDE DIRETA E AUTÁRQUICA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO – SEDIN PARA O ANO DE 2014.

  O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, à vista do que lhe representou a Presidente do SEDIN por meio do Ofício SEDIN-SG 033/13 e considerando
o disposto no artigo 53, XII e XIII da Lei 14.660/07 c/c artigo 98 da Lei 11.434/93 e no artigo 1º, VIII e IX do Decreto 48.743/07, RESOLVE:
Art. 1º – Fica autorizada a dispensa de ponto do dia, inclusive do referente ao cargo em acumulação, aos afiliados para participarem de reuniões e eventos programados pelo SEDIN no ano de 2014, na seguinte conformidade:
I - Reunião de Representantes sindicais: 02 (dois) representantes por Unidade de Trabalho, nas seguintes datas: 28/02, 25/04, 18/07, 29/08, 31/10 e 01/12/14;
II – Seminários de Formação Política, Pedagógica e Cidadã, nas seguintes datas: 29/05 e 26/09/14;
III – Congresso de Educação Infantil SEDIN-2014: período de 01 a 03/10/14 com carga horária de 24 horas. 
Art. 2º – Os profissionais de educação afiliados a mais de um Sindicato deverão optar por um deles, anualmente e de forma expressa e irretratável, para usufruírem das dispensas de ponto de que trata esta Portaria, cabendo a cada Unidade de Trabalho o pertinente registro das opções realizadas.  Parágrafo Único – A opção por um dos Sindicatos referida no caput deste artigo estender-se-á para a Unidade do cargo em acumulação, se houver.
Art. 3º – Após o encerramento dos eventos, os participantes deverão multiplicar aos seus pares, nas Unidades de Trabalho, os conteúdos debatidos e as conclusões alcançadas. 
Art. 4º – Os servidores abrangidos nesta Portaria deverão encaminhar à Chefia Imediata os comprovantes de participação, no prazo de 03 (três) dias úteis, contados do encerramento dos eventos, sendo dispensada a entrega de relatório. 
Art. 5º - Ficam incluídos nas dispensas concedidas nesta Portaria, além dos participantes especificados, os membros eleitos da Diretoria do Sindicato, que não detêm afastamento sindical.
Art. 6º – Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.


OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.

Dispensa de ponto APROFEM

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – 31/12/2013 – PÁGINA 9
PORTARIA Nº 7.287, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2013

  DISPÕE SOBRE A DISPENSA DE PONTO AOS AFILIADOS PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS PROGRAMADOS PELO SINDICATO DOS PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS MUNICIPAIS DE SÃO PAULO – APROFEM PARA O ANO DE 2014.

  O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, à vista do que lhe representou o Presidente da APROFEM por meio do Ofício nº 114/2013 e considerando o
disposto no artigo 53, XII e XIII da Lei 14.660/07 c/c artigo 98 da Lei 11.434/93 e no artigo 1º, VIII e IX do Decreto 48.743/07, RESOLVE:

Art. 1º – Fica autorizada a dispensa de ponto do dia, inclusive do referente ao cargo em acumulação, aos afiliados para participarem de reuniões e eventos programados pela APROFEM no ano de 2014, na seguinte conformidade:
I - Reunião de Representantes sindicais: 02 (dois) representantes por Unidade de Trabalho, nas seguintes datas: 06/03, 24/04, 03/06, 14/08, 01/10 e 25/11/14;
II - Seminário de Formação Educacional e Sindical – Servidores afiliados: dia 12/09/14;
III - Congresso Anual da APROFEM – Delegados eleitos, nos dias 05 e 06/08/14;
IV - Reunião do Grupo de Assessoria aos Representantes Sindicais – dois profissionais eleitos na abrangência de cada Diretoria Regional de Educação, nas seguintes datas: 25/02, 14/04, 23/05, 31/07, 23/09 e 14/11/14.
Art. 2º – Os profissionais de educação afiliados a mais de um Sindicato deverão optar por um deles, anualmente e de forma expressa e irretratável, para usufruírem das dispensas de ponto de que trata esta Portaria, cabendo a cada Unidade de Trabalho o pertinente registro das opções realizadas.  Parágrafo Único – A opção por um dos Sindicatos referida no caput deste artigo estender-se-á para a Unidade do cargo em acumulação, se houver.
Art. 3º – Após o encerramento dos eventos, os participantes deverão multiplicar aos seus pares, nas Unidades de Trabalho, os conteúdos debatidos e as conclusões alcançadas. 
Art. 4º – Os servidores abrangidos nesta Portaria deverão encaminhar à Chefia Imediata os comprovantes de participação, no prazo de 03 (três) dias úteis, contados do encerramento dos eventos, sendo dispensada a entrega de relatório. 
Art. 5º - Ficam incluídos nas dispensas concedidas nesta Portaria, além dos participantes especificados, os membros eleitos da Diretoria do Sindicato, que não detêm afastamento sindical.
Art. 6º – Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.


OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.

Dispensa de ponto - SINPEEM

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – 31/12/2013 – PÁGINA 9
PORTARIA Nº 7.286, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2013

  DISPÕE SOBRE A DISPENSA DE PONTO AOS AFILIADOS PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS PROGRAMADOS PELO SINDICATO DOS PROFISSIONAIS EM EDUCAÇÃO NO ENSINO MUNICIPAL DE SÃO PAULO – SINPEEM PARA O ANO DE 2014.

  O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, à vista do que lhe representou o Presidente do SINPEEM por meio do Ofício nº 081/2013 SINPEEM e considerando o disposto no artigo 53, XII e XIII da Lei 14.660/07 c/c artigo 98 da Lei 11.434/93 e no artigo 1º, VIII e IX do Decreto 48.743/07, RESOLVE:

Art. 1º – Fica autorizada a dispensa de ponto do dia, inclusive do referente ao cargo em acumulação, aos afiliados para participarem de reuniões e eventos programados pelo SINPEEM no ano de 2014, na seguinte conformidade:
I – Reuniões de Representantes Sindicais nas seguintes datas: 28/02, 25/04, 02/06, 22/08, 02/10 e 02/12/14, com a participação de: a) 02 (dois) representantes sindicais do Quadro do Magistério Municipal por Unidade de Trabalho; b) 01 (um) representante dentre os servidores do Quadro de Apoio à Educação ou do Quadro de Nível Básico ou do Quadro de Nível Médio ou do Quadro de Profissionais da Administração por Unidade de Trabalho
II – Congresso Anual de Educação – Delegados eleitos, período de 28/10 a 31/10/14.
III – Curso de Formação Sindical para:
a) Profissionais de CEIs, CEMEI e EMEIs lotados nas Unidades Educacionais, Diretorias Regionais de Educação e Órgãos da SME: 19/03 e 15/08/14;
b) Profissionais de Ensino Fundamental I, II e Médio lotados nas Unidades Educacionais, Diretorias Regionais de Educação e Órgãos da SME: 10/04 e 25/09/14;
IV – Reuniões do Conselho Geral do Sindicato, nas seguintes datas: 10/03, 30/04, 06/06, 28/08, 08/10 e 05/12/14. 
Art. 2º – Os profissionais de educação afiliados a mais de um Sindicato deverão optar por um deles, anualmente e de forma expressa e irretratável, para usufruírem das dispensas de ponto de que trata esta Portaria, cabendo a cada Unidade de Trabalho o pertinente registro das opções realizadas.  Parágrafo Único – A opção por um dos Sindicatos referida no caput deste artigo estender-se-á para a Unidade do cargo em acumulação, se houver.
Art. 3º – Após o encerramento dos eventos, os participantes deverão multiplicar aos seus pares, nas Unidades de Trabalho, os conteúdos debatidos e as conclusões alcançadas. 
Art. 4º – Os servidores abrangidos nesta Portaria deverão encaminhar à Chefia Imediata os comprovantes de participação, no prazo de 03 (três) dias úteis, contados do encerramento dos eventos, sendo dispensada a entrega de relatório. 
Art. 5º - Ficam incluídos nas dispensas concedidas nesta Portaria, além dos participantes especificados, os membros eleitos da Diretoria do Sindicato, que não detêm afastamento sindical.
Art. 6º – Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.

Curso presencial Sinesp - Currículo escolar e as literaturas africanas e afro-brasileiras: desafios e experiências

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – 20/9/2014 – PÁGINA 45
DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO Nº 53, DE 18 DE SETEMBRO DE 2014.

CURSO PRESENCIAL: CURRÍCULO ESCOLAR E AS LITERATURAS AFRICANAS E AFRO-BRASILEIRAS: DESAFIOS E EXPERIÊNCIAS

PERÍODO: 01/11/2014 A 29/11/2014

CARGA HORÁRIA: 12 horas.

PÚBLICO ALVO: Supervisores Escolares, Diretores de Escola, Diretores de CEI, Assistentes de Diretor de Escola, Coordenadores Pedagógicos titulares ou designados para os cargos da Classe II da Rede Municipal de Ensino.

Nº DE VAGAS: 100 vagas.

CERTIFICAÇÃO: Receberão os certificados os participantes que obtiverem conceito “B” – Bom e frequência de 100%.  *Bibliografia complementar contendo diversas fontes de consulta relacionadas ao tema proposto.

ÁREA PROMOTORA: SINESP – Sindicato dos Especialistas de Educação do Ensino Público Municipal de São Paulo

DESPACHO: À vista do contido no artigo 22 da Portaria SME nº 4.290/14, a proposta do curso foi analisada sob a égide do artigo 3º, § 3º da Portaria nº 5.362/11 e considero HOMOLOGADO.


OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional

EAD SINESP

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – 20/9/2014 – PÁGINA 45
DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO Nº 54, DE 18 DE SETEMBRO DE 2014.

CURSO EAD: Supervisão Escolar: Identidade e Profissionalização

PERÍODO: 15/10/2014 a 15/11/2014

CARGA HORÁRIA: 20 horas, sendo 18 horas não presenciais e 02 horas presenciais.

PÚBLICO ALVO: Supervisores Escolares, Diretores de Escola, Diretores de CEI, Assistentes de Diretor de Escola, Assessores Técnicos Educacionais, Coordenadores Pedagógicos titulares ou designados para os cargos da Classe II da Rede Municipal de Ensino.

Nº DE VAGAS: 500 vagas.

CERTIFICAÇÃO: Receberão os certificados os participantes que acessarem os recursos do ambiente de aprendizagem, verificado através da plataforma de software, e que obtiverem conceito “B” – Bom e frequência de 100%.
*Bibliografia complementar contendo diversas fontes de consulta relacionadas ao tema proposto.

ÁREA PROMOTORA: SINESP – Sindicato dos Especialistas de Educação do Ensino Público Municipal de São Paulo

DESPACHO: À vista do contido no artigo 22 da Portaria SME nº 4.290/14, a proposta do curso foi analisada sob a égide dos artigos 1° e 6° da Portaria SME nº 3.304/06 e considero HOMOLOGADO.




OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional

Curso ( DRE SÃO MIGUEL): Movimento Curricular: diálogos sobre interdisciplinaridade, projetos e autoria.


DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – 30/9/2014 – CIDADE - PÁGINA 49
COMUNICADO Nº 45 DE 19 DE SETEMBRO DE 2014.

O Diretor Regional de Educação da Diretoria Regional de Educação de São Miguel, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe apresentou a Diretora da Diretoria de Orientação Técnica DOT-P, em atendimento ao disposto na Portaria 5643 de 26/09/2014 COMUNICA a realização do Curso: Movimento Curricular: diálogos sobre interdisciplinaridade, projetos e autoria.

JUSTIFICATIVA:
O Programa de Reorganização Curricular e Administrativa, Ampliação e Fortalecimento da Rede Municipal de Ensino de São Paulo - Mais Educação São Paulo, traz propostas desafiadoras e necessárias para o trabalho docente e gestor no que tange às questões sobre interdisciplinaridade, projetos de trabalho, ciclos de aprendizagem e autoria.
Organizador do currículo, o trabalho interdisciplinar se faz necessário, visto que o conhecimento não se faz de modo fragmentado em seu espaço de criação. Assim, é possível o início da construção coletiva do documento de fundamentação dos Direitos de Aprendizagem para o Ciclo Interdisciplinar e Autoral.
Ressalte-se, também, que tanto o trabalho interdisciplinar quanto o de autoria, discente e docente, estão presentes em toda a Educação Básica. Dessa maneira, promoveremos a discussão e problematização a partir dos princípios do Programa Mais Educação São Paulo, referentes à reorganização curricular no Ciclo Interdisciplinar e Ciclo Autoral.

OBJETIVOS:
- Subsidiar os professores quanto ao exposto no Programa de Reorganização Curricular da Rede municipal;
- Refletir sobre o conceito de interdisciplinaridade;
- Subsidiar os docentes do Ensino Fundamental para que possam, a partir dos princípios da interdisciplinaridade, do trabalho com projetos, da pesquisa e da autoria, construir um trabalho integrado entre as áreas de conhecimento para a garantia dos direitos e objetivos da aprendizagem.

METODOLOGIA:
- Apreciação e discussão do documento base sobre Direitos de Aprendizagem para o Ciclo Interdisciplinar;
- Aula expositiva; leitura e discussão dos temas abordados, relatos e problematização da prática e produção de síntese das reflexões e proposições.

PÚBLICO ALVO:
Professor de Educação Infantil e Ensino Fundamental I que atua no Ciclo Interdisciplinar e Professor de Ensino Fundamental II e Médio que atua nas turmas do Ciclo Interdisciplinar e/ ou Ciclo Autoral da Diretoria Regional de Educação São Miguel.

CARGA HORÁRIA12 horas presenciais

CRONOGRAMA:
MANHÃ:
Turma A – dias: 08/10, 27/10 e 05/11- das 8h às 12h
Turma B – dias: 09/10, 23/10 e 06/11- das 8h às 12h
Turma C – dias: 03/10; 24/10 e 07/11- das 8h às 12h
TARDE:
Turma D – dias: 22/10; 30/10 e 05/11 das 13h30 às 17h30
Turma E – dias: 09/10, 23/10 e 06/11- das 13h30 às 17h30
Turma F – dias: 20/10, 27/10 e 03/11 - das 13h30 às 17h30

NÚMERO DE VAGAS35 vagas por turma

LOCAL:
  Centro de Formação (CEFOR) – Rua Dona Ana Flora Pinheiro de Souza, nº 76 – Vila Jacuí

INSCRIÇÕES:
  As inscrições deverão ser efetivadas até 06/10/2014 pelo link http://bit.ly/dotmp02

AVALIAÇÃO:
  A avaliação será contínua baseada no atendimento de 100% da frequência, na leitura de textos e debate no grupo de discussão, e no desenvolvimento de atividades propostas. O resultado será expresso pelos conceitos “NS” para Não Satisfatório e “S” para Satisfatório.

CERTIFICAÇÃO:
  Farão jus ao certificado os participantes que obtiverem conceito S (satisfatório) e frequência de 100% da carga horária presencial.

REGENTES:
Turma D - Adriana Ferreira Daffre – RF: 722.916.0
Turma A - Arnaldo Lopes Siqueira – RF: 770.292.2
Turmas B e E: Gilberto Januário dos Santos – RF: 801.593.7
Tuma C - Tânia Soares da Silva – RF: 660.590.7
Turma F - Valéria Cristina de Loredo – RF: 599.145.5

ÁREA PROMOTORA:
  DRE São Miguel / DOT-P - Diretora de Orientação Técnico-Pedagógica: Vera Maria de Souza, RF: 576.310.0/2 – Diretor Regional de Educação – São Miguel: Manoel Romão de Souza, RF: 568.449-8.



OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional

Curso (DRE SÃO MIGUEL): “História: diálogos sobre Interdisciplinaridade, Projetos e Autoria”

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – 30/9/2014 – CIDADE - PÁGINA 49
COMUNICADO Nº 44 DE 19 DE SETEMBRO DE 2014.

O Diretor Regional de Educação da Diretoria Regional de Educação de São Miguel, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe apresentou a Diretora da Diretoria de Orientação Técnica DOT-P, em atendimento ao disposto na Portaria 5643 de 26/09/2014 COMUNICA a realização do curso “História: diálogos sobre Interdisciplinaridade, Projetos e Autoria”.

JUSTIFICATIVA
O Programa de Reorganização Curricular e Administrativa, Ampliação e Fortalecimento da Rede Municipal de Ensino de São Paulo - Mais Educação São Paulo, traz propostas desafiadoras e necessárias para o trabalho docente e gestor no que tange às questões sobre interdisciplinaridade, projetos de trabalho, ciclos de aprendizagem e autoria.
Organizador do currículo, o trabalho interdisciplinar se faz necessário, visto que o conhecimento não se faz de modo fragmentado em seu espaço de criação. Assim, é possível o início da construção coletiva do documento de fundamentação dos Direitos de Aprendizagem para o Ciclo Interdisciplinar e Autoral.
Ressalte-se, também, que tanto o trabalho interdisciplinar quanto o de autoria, discente e docente, estão presentes em toda a Educação Básica. Dessa maneira, promoveremos a discussão e problematização a partir dos princípios do Programa Mais Educação São Paulo referente à reorganização curricular de História no Ciclo Interdisciplinar e Ciclo Autoral.

OBJETIVOS:
Refletir sobre os princípios do Programa Mais Educação São Paulo no que se refere reorganização curricular nos Ciclo Interdisciplinar e Ciclo Autoral.
Problematizar o desenvolvimento curricular em História nos princípios da interdisciplinaridade, trabalho com projetos e autoria.
Apresentar aos professores contribuições de pesquisas na área de Ensino de História, subsidiando a construção de um trabalho articulador com os demais componentes curriculares para que os alunos se apropriem dos objetos de conhecimento a partir de diferentes perspectivas.

CONTEÚDOS:
Programa Mais Educação São Paulo: ciclos de aprendizagem, interdisciplinaridade, trabalho com projetos e autoria.
Movimento Curricular em História: Contexto e concepções.
Interdisciplinaridade: história, teoria e pesquisa.
O Ensino de História na perspectiva da interdisciplinaridade.

METODOLOGIA:
- Apreciação e discussão do documento base sobre Direitos de Aprendizagem no Ciclo Interdisciplinar;
- Aula expositiva, leitura e discussão dos temas abordados, relatos e problematização da prática e produção de síntese das reflexões e proposições.

PÚBLICO ALVO:
Professor de Ensino Fundamental II e Médio de História que atua nas turmas do Ciclo Interdisciplinar e/ou Ciclo Autoral da Diretoria Regional de Educação São Miguel.

CARGA HORÁRIA12 horas presenciais

CRONOGRAMA:
Turma A – dias: 22/10, 29/10 e 12/11– das 8h às 12h
Turma B – dias: 06/10, 03/11 e 10/11– das 8h às 12h

NÚMERO DE VAGAS30 vagas por turma

LOCAL:  Centro de Formação (CEFOR) – Rua Dona Ana Flora Pinheiro de Souza, nº 76 – Vila Jacuí

INSCRIÇÕES:
As inscrições deverão ser efetivadas até 01/10/2014 pelo link http://bit.ly/dotmp01

AVALIAÇÃO:
A avaliação será contínua baseada no atendimento de 100% da frequência, na leitura de textos e debate no grupo de discussão, e no desenvolvimento de atividades propostas. O resultado será expresso pelos conceitos “NS” para Não Satisfatório e “S” para Satisfatório.

CERTIFICAÇÃO:
Farão jus ao certificado os participantes que obtiverem conceito S (satisfatório) e frequência de 100% da carga horária presencial.

REGENTETânia Soares da Silva – RF: 660.590. 7

ÁREA PROMOTORA
DRE São Miguel / DOT-P- Diretora de Orientação Técnico-Pedagógica: Vera Maria de Souza, RF: 576.310.0/2 – Diretor Regional de Educação – São Miguel: Manoel Romão de Souza – RF: 568.449-8



OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.

Curso optativo (DRE PIRITUBA): “Diáspora africana e américa portuguesa entre o século XVI e meados do século XIX” – Parte 1

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – 30/9/2014 – CIDADE - PÁGINA 48
COMUNICADO, Nº 23 DE 20 DE AGOSTO DE 2014.

O Diretor da Diretoria Regional de Educação Pirituba, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe representou a Diretoria de Orientação Técnico Pedagógica e, considerando a importância de temas relevantes à educação contemporânea , COMUNICA a realização do Curso optativo: “DIÁSPORA AFRICANA E AMÉRICA PORTUGUESA ENTRE O SÉCULO XVI E MEADOS DO SÉCULO XIX” – Parte 1, conforme especificações a seguir:

I- JUSTIFICATIVA:
A Lei 10639/03 alterou a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Africana e Afro-Brasileira”. Em 2013, a Lei 10.639/03 completou dez anos de promulgação e, por isso, justifica-se a necessidade dos currículos escolares serem revisitados por meio da formação de professores que atuam na Educação Infantil, no Ensino Fundamental e Médio e na Educação de Jovens e Adultos, problematizando em todas as áreas de conhecimento pontos importantes da História e Cultura Africana e Afro-brasileira para realização de projetos didáticos nas Unidades de Ensino.

II- OBJETIVO GERAL:
- Discutir sobre as possibilidades de transposição didática de elementos da História e Cultura Africana e Afrobrasileira na Educação Infantil, nos ciclos de alfabetização, interdisciplinar e autoral do Ensino Fundamental, no Ensino Médio e na Educação de Jovens e Adultos.

III- OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
1.      Conhecer pontos importantes da História e Cultura Africana e Afro-brasileira;
2.      Localizar informações relevantes para o trabalho em sala de aula em textos informativos e documentos históricos;
3.      Conhecer bancos públicos de textos e imagens para utilizá-los na elaboração de materiais didáticos;
4.      Compartilhar ideias de projetos interdisciplinares para a Educação Étnico-racial.

IV- CONTEÚDO:
-  O tráfico transatlântico de africanos escravizados para a américa portuguesa;
-  Aspectos da escravidão na américa portuguesa;
-  A resistência negra na América portuguesa: os quilombos;
-  As religiões de Matriz africana.

V- ORGANIZAÇÃO GERAL:

1.      PÚBLICO ALVO: Professor de Educação Infantil, Professor de Educação Infantil e Ensino Fundamental I; Professor de Ensino Fundamental II e Médio de todas as áreas do conhecimento;
Supervisor Escolar, Diretor de Escola, Assistente de Diretor de Escola, Coordenador Pedagógico e Educadores em exercício na DRE-PJ e nos CEUs Perus, Parque Anhanguera, Pera Marmelo, Vila Atlântica e Jaguaré.

2.      LOCAL DO CURSO: Auditório da DRE Pirituba – Rua Aurélia, 996.

3.      CRONOGRAMA :

DATAS: Sábados, 04, 11 e 25 de outubro e 08 de novembro de 2014.

HORÁRIO: das 14h às 18h.

CARGA HORÁRIA: total do evento: 16 horas

5.      NÚMERO DE VAGAS: 50 vagas

6.      INSCRIÇÕES:
A inscrição deve conter os seguintes dados: Nome completo, nº do R.F., Cargo / Função, Padrão, nº do CPF, nº do RG, Nome da Unidade de Lotação / Unidade de Exercício, Horário de trabalho e telefone para contato e deverá ser feita pelo link disponível em www.dre-pj.com.br/educacaointegral, a partir do dia 30/09, até o término das vagas.

Observação: Por se tratar de curso optativo, não haverá dispensa de ponto.

8.      AVALIAÇÃO E CERTIFICAÇÃO:
A avaliação será realizada por meio da frequência mínima de 100% nas atividades do evento.

9.      REGENTES: Prof. Marcelo Fontana RF. 638.559.1 Vínculo: 1.

10.    ÁREA PROMOTORA: Diretoria Regional de Educação Pirituba-Jaraguá/ DOT-P.

11.    COORDENAÇÃO E EXECUÇÃO: Diretoria Regional de Educação Pirituba-Jaraguá/ DOT-P.






OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.

Curso (DRE SÃO MIGUEL): Língua Portuguesa: diálogos sobre interdisciplinaridade, projetos e autoria.

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – 30/9/2014 – CIDADE - PÁGINA 49
COMUNICADO Nº 42 DE 19 DE SETEMBRO DE 2014.

O Diretor Regional de Educação da Diretoria Regional de Educação de São Miguel, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe apresentou a Diretora da Diretoria de Orientação Técnica DOT-P, em atendimento ao disposto na Portaria 5643 de 26/09/2014 COMUNICA a realização do Curso: Língua Portuguesa: diálogos sobre interdisciplinaridade, projetos e autoria.

JUSTIFICATIVA:
O Programa de Reorganização Curricular e Administrativa, Ampliação e Fortalecimento da Rede Municipal de Ensino de São Paulo - Mais Educação São Paulo, traz propostas desafiadoras e necessárias para o trabalho docente e gestor no que tange às questões sobre interdisciplinaridade, projetos de trabalho, ciclos de aprendizagem e autoria.
Organizador do currículo, o trabalho interdisciplinar se faz necessário, visto que o conhecimento não se faz de modo fragmentado em seu espaço de criação. Assim, é possível o início da construção coletiva do documento de fundamentação dos Direitos de Aprendizagem para o Ciclo Interdisciplinar e Autoral.  Ressalte-se, também, que tanto o trabalho interdisciplinar quanto o de autoria, discente e docente, estão presentes em toda a Educação Básica. Dessa maneira, promoveremos a discussão e problematização a partir dos princípios do Programa Mais Educação São Paulo, referentes à reorganização curricular de Língua Portuguesa no Ciclo Interdisciplinar e Ciclo Autoral.

OBJETIVOS:
- Refletir sobre os princípios do Programa Mais Educação São Paulo no que se refere à Reorganização Curricular nos Ciclo Interdisciplinar e Ciclo Autoral;
- Subsidiar os docentes para que possam, a partir dos princípios da interdisciplinaridade, do trabalho com projetos, da pesquisa e da autoria, construir um trabalho integrado entre as áreas de conhecimento, na garantia dos direitos e objetivos da aprendizagem;
- Contribuir para o trabalho docente por meio da interdisciplinaridade entre duas ou mais disciplinas;
- Relacionar os projetos e a pesquisa escolar à produção de textos nos gêneros das esferas literária, jornalística e científica.

CONTEÚDOS:
-Programa Mais Educação São Paulo: ciclos de aprendizagem, interdisciplinaridade, trabalho com projetos e autoria;
- A interdisciplinaridade e os projetos na Língua Portuguesa;
- Procedimentos de estudo.

METODOLOGIA:
- Apreciação e discussão do documento base sobre Direitos de Aprendizagem para o Ciclo Interdisciplinar;
- Aula expositiva; leitura e discussão dos temas abordados, relatos e problematização da prática e produção de síntese das reflexões e proposições.

PÚBLICO ALVO:
Professor de Ensino Fundamental II e Médio - Língua Portuguesa que atua nas turmas do Ciclo Interdisciplinar e Ciclo Autoral da Diretoria Regional de Educação São Miguel.

CARGA HORÁRIA12 horas presenciais

CRONOGRAMA:
Turma A – dias: 21/10, 28/10 e 18/11 - das 8h às 12h
Turma B – dias: 02/10, 23/10 e 13/11 - das 8h às 12h

NÚMERO DE VAGAS30 vagas por turma

LOCAL  Centro de Formação (CEFOR) – Rua Dona Ana Flora Pinheiro de Souza, nº 76 – Vila Jacuí

INSCRIÇÕES: As inscrições deverão ser efetivadas até 01/10/2014 pelo link

AVALIAÇÃO: A avaliação será contínua baseada no atendimento de 100% da frequência, na leitura de textos e debate no grupo de discussão, e no desenvolvimento de atividades propostas. O resultado será expresso pelos conceitos “NS” para Não Satisfatório e “S” para Satisfatório.

CERTIFICAÇÃO:
Farão jus ao certificado os participantes que obtiverem conceito S (satisfatório) e frequência de 100% da carga horária presencial.

REGENTE:
Arnaldo Lopes Siqueira – RF: 770.292.2

ÁREA PROMOTORA:
DRE São Miguel / DOT-P- Diretora de Orientação Técnico- Pedagógica: Vera Maria de Souza, RF: 576.310.0/2 – Diretor Regional de Educação – São Miguel: Manoel Romão de Souza,
RF: 568.449-8



OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.

sábado, 27 de setembro de 2014

Sugestões de leitura




Sugiro a leitura do trabalho:

  • ·        Carreira e remuneração do magistério no município de São Paulo: análise legislativa em perspectiva histórica . Rubens Barbosa de Camargo; Maria Angélica Pedra Minhoto; Márcia Aparecida Jacomini - O quadro abaixo foi extraído do referido material                      http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-73302014000100013&script=sci_arttext

           


O material que eu postar acima terá sido obtido na net. Acho importante confraternizarmos reflexões sobre evolução funcional ...




Curso optativo (DRE BUTANTÃ): “OFICINA CULINÁRIA-TEMPERANDO SABERES E SABORES”

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – 27/9/2014 – CIDADE - PÁGINA 52
COMUNICADO Nº 37 DE 23 DE SETEMBRO DE 2014

O Diretor Regional de Educação da Diretoria Regional de Educação - Butantã, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe representou a Diretoria de Programas Especiais/Educação Integral e a Diretoria de Orientação Técnico-Pedagógica, COMUNICA a realização do CURSO OPTATIVO: “OFICINA CULINÁRIA-TEMPERANDO SABERES E SABORES”,conforme descrito:

JUSTIFICATIVA:  A escola dentre todas suas atribuições, é uma instituição promotora de hábitos alimentares saudáveis, o que possibilita desenvolver ações de Segurança Alimentar e Nutricional, que tem como principio a intersetorialidade e a interdisciplinaridade, na perspectiva da realização do Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA). Considerando que a RESOLUÇÃO Nº 26 DE 17 DE JUNHO DE 2013 no Art. 13 define para fins do PNAE, Educação Alimentar e Nutricional – EAN o conjunto de ações formativas, de prática contínua e permanente, transdisciplinar, intersetorial e multiprofissional, que objetiva estimular a adoção voluntária de práticas e escolhas alimentares saudáveis que colaborem para a aprendizagem, o estado de saúde do escolar e a qualidade de vida do indivíduo. Conceitualmente alimentação saudável é capaz de dar prazer e promover saúde, então justifica utilizar como ferramenta de Educação Alimentar e Nutricional a Gastronomia que é a técnica para o preparo do alimento, as diversas formas, sabores, aromas, cores. A prática culinária também facilita a reflexão e o exercício das dimensões sensoriais, cognitivas e simbólicas da alimentação (DIEZ-GARCIA; CASTRO, 2010). Mesmo quando o preparo efetivo de alimentos não é viável nas ações educativas, é necessário refletir com as pessoas sobre a importância e o valor da culinária como recurso para alimentação saudável (DAMATA, 1987). Desta forma, pretende-se por meio deste curso, refletir sobre as práticas alimentares, possibilidades de transformação, criação
de novos pratos, utilizando produtos alimentícios básicos da alimentação escolar, enriquecendo-os com produtos in natura, produzido preferencialmente na horta da unidade escolar.

OBJETIVO GERAL:
- Fomentar a reflexão sobre as práticas alimentares desenvolvidas na alimentação escolar, associando novas técnicas gastronômicas, como subsídio para compreensão das dimensões segurança alimentar e nutricional.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
- Promover a capacitação das merendeiras e educadores, com práticas gastronômicas;
- Promover a integração das merendeiras com os educadores;
- Estimular o desenvolvimento de novas preparações na alimentação escolar, explorando o uso de produtos in natura, de ervas aromáticas e temperos, para realçar o sabor e enriquecer os alimentos.

CONTEÚDOS:
- Segurança Alimentar e Nutricional;
- Comportamento Alimentar;
- Programa de Alimentação Escolar;
- Alimentação e Saúde;
- Técnicas e preparações culinárias: molhos, temperos, sucos;
- Aproveitamento integral dos alimentos;
- Uso de Ervas aromáticas e temperos na elaboração das Refeições

METODOLOGIA:
O Curso será composto por aulas temáticas, com cunho participativo e exposições teóricas e práticas e visita técnica em uma instituição de ensino de gastronomia.

PÚBLICO ALVO:
Professores de Educação Infantil, Professores de Educação Infantil e Ensino Fundamental I; Professores de Ensino Fundamental II e Médio e Cozinheiras Escolares lotados na DRE BT.
Obs: Atendida a demanda deste público, poderão participar Coordenadores Pedagógicos, Diretores de Escola, Assistentes de Diretor de Escola, Supervisores Escolares e Assistentes Técnicos de Educação I, lotados na Diretoria Regional de Educação do Butantã.

CRONOGRAMA:
TURMA ÚNICA: 02, 09 E 23 DE OUTUBRO; 06 E 27 DE NOVEMBRO DE 2014

LOCAL :
CRSANS – Centro de Referência em Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável - Rua Nella Murari Rosa, 40 – Jd. Jaqueline – Butantã.

HORÁRIO: 9h00 às 12h00

CARGA HORÁRIA:  15 horas (Cinco encontros de 03 horas).

REGÊNCIA:
Ana Cristina Cirino Mourão - RF651210-1
Eleusa Germano Martins - RF778680-8
Patricia Hiromi Ito Vilela Assano - RF776525-8

FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO:
A avaliação será contínua, baseada na frequência exigida e na participação. VAGAS:20 (VINTE) vagas.

CERTIFICADOS:  Farão jus ao certificado todos os participantes que obtiverem 85% de frequência e aproveitamento satisfatório (“S”) referente aos trabalhos pessoais solicitados na formação.

INSCRIÇÕES:  Os interessados deverão encaminhar a ficha de inscrição para a Diretoria Regional de Educação – Butantã/ Diretoria de Planejamento/ Setor de Alimentação Escolar, através do e-mail celester@prefeitura.sp.gov.br

ÁREA PROMOTORA:
SME / Diretoria Regional de Educação – Butantã Coordenação/ Realização: Diretoria de Planejamento/Setor de Alimentação Escolar / DAE – Departamento de Alimentação
Escolar e Diretoria de Orientação Técnico-Pedagógica em parceria com o Núcleo de Gestão Descentralizada Centro Oeste 1 / Secretaria do Verde e Meio Ambiente - NGDCO1/SVMA/
Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares / Associação Slow Food SP

BIBLIOGRAFIA:
- Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional (LOSAN)- Lei Nacional 11.346 de 15 de setembro de 2006.
- Normativa do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) LEI Nº 11.947, de 16 de junho de 2009;
- Portaria Interministerial nº1010 de 8 de maio de 2006 – Institui as diretrizes para a Promoção da Alimentação Saudável nas Escolas de Educação Infantil, Fundamental e nível Médio das redes públicas e privadas de âmbito nacional.
- Portaria Nº 1.225, de 10 de fevereiro de 2014. Constitui grupo de trabalho para elaboração de orientações sobre o processo de viabilização de hortas pedagógicas e gastronomia educacional nas unidades educacionais da rede municipal de ensino da cidade de São Paulo.
- CECANE – Região Sudeste Ideias para promover a alimentação saudável na escola; 2008
- SENAC – SÃO PAULO Cortes, Temperos e Preparo de Carnes; 2008
- SEVERINO M. ÂNGELA – Apostila teórica de bases e molhos – Universidade de Sorocaba




OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.