terça-feira, 25 de novembro de 2014

Seminário (DRE JAÇANÃ / TREMEMBÉ): “Educação e Migração"

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 25/11/2014 – PÁGINA 36
COMUNICADO Nº 1.663, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014

     O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe representou a Diretora da Divisão de Orientação Técnica – Núcleo de Educação Étnico-Racial em parceria com a DOT-P da Diretoria Regional de Educação Jaçanã/Tremembé, COMUNICA: a realização do seminário “Educação e Migração: acesso, permanência e valorização da diversidade”.

I – JUSTIFICATIVA: A presença da população imigrante na cidade de São Paulo tem aumentado na medida em que a cidade se coloca como destino de diversas correntes migratórias
- especialmente de países vizinhos. Essa realidade se manifesta na quantidade de alunos matriculados nas escolas municipais, e dados da Secretaria Municipal de Educação apontam a presença de alunos de 58 nacionalidades, sendo que atualmente somam 3.417 matrículas distribuídas entre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio e EJA.
Diante dessa presença, a “Mostra Cultural Dezembro Imigrante nos CEUs/2014” tem por propósito ressaltar aspectos referentes às populações migrantes, fornecendo ao educador instrumentos que propiciem a articulação da diversidade cultural ao currículo escolar, visando a construção de práticas pedagógicas que a utilizem como eixo mediador das aprendizagens.

II – OBJETIVOS: Promover o reconhecimento de aspectos relacionados às correntes migratórias contemporâneas na cidade de São Paulo, localizando práticas pedagógicas voltadas para essas populações.
- Gerar proposições que trabalhem para a produção e promoção de legislação e de políticas públicas que primem pelos direitos humanos da pessoa migrante, bem como as que tratam do acesso e permanência de crianças e adolescentes imigrantes nas escolas.
- Discutir o acesso a direitos e serviços públicos de pessoas migrantes local e nacionalmente, com especial enfoque no direito à educação.
- Refletir sobre a presença dos alunos imigrantes na escola, fornecendo ao educador instrumentos de articulação da diversidade cultural de modo positivado e ações que combatam práticas discriminatórias e xenofóbicas no ambiente escolar;
- Fornecer subsídios teóricos que possibilitem ao educador construir uma prática pedagógica que se utilize da diversidade cultural como elemento mediador das aprendizagens.

III – CONTEÚDO: a presença migratória na cidade de São Paulo e políticas públicas educacionais; relatos de experiências pedagógicas que valorizam a presença dos imigrantes na cidade de São Paulo; experiências em educação para refugiados;
experiências positivas de inclusão de pedagogias interculturais e multiculturais na escola.

IV – METODOLOGIA: Exposição oral e abertura para debate.

V – PÚBLICO ALVO: Supervisor escolar, Diretor de escola, Assistente de Diretor de Escola, Assistente Técnico de Educação I, Coordenador pedagógico, Auxiliar de Desenvolvimento Infantil, Auxiliar Técnico de Educação, Agente Escolar, Professor de Educação Infantil, Professor de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Professor de Ensino Fundamental II e Médio, Gestor de CEU, Coordenador de Ação Educacional, Coordenador de Ação Cultural, Coordenador de Ação de Esportes e Lazer, Coordenador de Projetos, Coordenador de Biblioteca.

VI – VAGAS: 100 (cem) vagas.

VII – DATAS: 10/12/2014 e 11/12/2014 (Segunda e terça-feira).

VIII – CARGA HORÁRIA: 08 (oito) horas presenciais.

IX - CRONOGRAMA:
10/12/14: das 13h30 às 17h30: Experiências pedagógicas em Educação para Imigrantes – relatos de práticas em educação formal e não-formal. Apresentação cultural.
11/12: das 13h30 às 17h30: Educação e Migração: Conquistas e desafios para as políticas locais de integração.

X - LOCAL: Auditório da Sub Prefeitura V. Maria/Guilherme.
Endereço: rua General Mendes, 111 – Vila Maria.

XI – INSCRIÇÕES: Os interessados deverão inscrever-se através de formulário disponível no link http://goo.gl/UDKwof, entre os dias 26/11/2014 e 08/12/2014. A participação é aberta aos servidores lotados e em exercício em qualquer uma das 13 (treze) Diretorias Regionais de Educação.

XII – AVALIAÇÃO: A avaliação será contínua, baseada na frequência e participação nas atividades e discussões. A frequência mínima será de 100%.

XIII – REGENTES: Sérgio Lobo de Cerqueira (FFLCH/USP, professora de Língua Portuguesa na EMEF Anália Franco Bastos), Cláudio Marques da Silva Neto (diretor da EMEF Infante dom Henrique), Felipe Bueno (educador no projeto “Trilhas da Cidadania - a Língua Portuguesa pela Cidade”/ Associação Cidade Escola Aprendiz), Deisy Ventura (Instituto de Relações Internacionais/USP), Bela Feldman (Centro de Estudos de Migrações Internacionais/UNICAMP), Igor Fuser (Instituto de Relações Internacionais/UFABC) e Francione Oliveira Carvalho (DIVERSITAS/USP). Mediação: Professor Waldo Felipe Gonzalez Yanes (EMEF Paulo Carneiro Thomaz Alves, Gal./DRE Jaçanã/Tremembé).

XIV – CERTIFICAÇÃO: Farão jus à certificação os participantes que obtiverem frequência de 100% (cem por cento).

XV OBSERVAÇÃO: Não haverá dispensa de ponto.

XVI – RESPONSÁVEIS: Adriana de Carvalho Alves, RF 723.847.9, Assistente Técnica de Educação I e Cristiane Santana Silva, RF 791.265.0, Assistente Técnica de Educação I.

XVII - ÁREA PROMOTORA: Secretaria Municipal de Educação – Diretoria de Orientação Técnica – Núcleo de Educação Etnicorracial e DRE Jaçanã/Tremembé





OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.


Nenhum comentário:

Postar um comentário