terça-feira, 31 de março de 2015

DRE - Curso optativo “Escravidão, Transição ao Capitalismo e o Projeto de Branqueamento do Brasil”.

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 31/03/2015 – PÁGINA 36
COMUNICADO Nº 474, DE 30 DE MARÇO DE 2015

O Secretário Municipal de Educação, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe representou a Diretoria de Orientação Técnica/ Núcleo de Educação Étnico-racial em parceria com a DOT-P da Diretoria Regional de Educação de São Mateus, COMUNICA: a realização do curso optativo “Escravidão, Transição ao Capitalismo e o Projeto de Branqueamento do Brasil”.

I. JUSTIFICATIVA: Formar educadores da rede pública municipal de maneira que possam contemplar nos conteúdos das disciplinas que ministram os aspectos históricos do continente africano e dos negros no Brasil, sua contribuição na economia, na organização social, na produção da cultura e no desenvolvimento político é trabalhar para que a Escola Pública cumpra o seu papel de formar novas gerações transmitindo-lhes parte do legado que a humanidade produziu até então. Preservar esse legado e disponibilizando-o à juventude brasileira, significa subsidiá-la para intervir no presente e no futuro, consciente do seu papel social, com um bom nível de autoestima, livre de
preconceitos, generosa e produtiva, rumo à uma sociedade mais justa e igualitária.

II. OBJETIVOS: Contribuir para a implementação das Leis 10.639/03 e 11.645/08, promovendo introdução aos conceitos centrais para a reflexão sobre as relações étnico-raciais na sociedade brasileira e, por conseguinte, no ambiente escolar e, em segunda instância, mas em grau não menos importante, subsidiar teoricamente práticas educacionais antirracistas.

III - METODOLOGIA: As aulas organizar-se-ão com exposição dialogada dos conteúdos, leitura compartilhada de excertos dos textos da bibliografia básica, utilização de recursos audiovisuais, sobretudo filmes e canções, reflexão e análise de material didático e planejamento de práticas pedagógicas.

IV. PÚBLICO ALVO: Supervisor escolar, Diretor de escola, Assistente de Diretor de Escola, Assistente Técnico de Educação I, Coordenador pedagógico, Auxiliar Técnico de Educação, Professor de Educação Infantil, Professor de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Professor de Ensino Fundamental II e Médio, Gestor de CEU, Coordenador de Ação Educacional, Coordenador de Ação Cultural, Coordenador de Ação de Esportes e Lazer, Coordenador de Projetos, Coordenador de Biblioteca.

V - VAGAS: 50 (cinquenta) vagas por turma.

VI - CRONOGRAMA DE REALIZAÇÃO:
Dia da semana: Terça-feira
Horário: 19h00 às 22h00
Datas: 07/04; 14/04; 28/04; 05/05; 12/05; 19/05
Local: DRE São Mateus – Endereço: Avenida Ragueb Choffi, 1550 – São Mateus – São Paulo.

VII - INSCRIÇÕES: Os interessados em inscrever-se no curso deverão preencher o formulário com os seguintes dados: Nome completo; RF; Vínculo; RG; CPF; Padrão; Horário de trabalho; Cargo e função; Unidade de exercício e Unidade de lotação, a partir de 31/03/2015, disponível no link: bit.ly/cursodresm007


VIII - CARGA HORÁRIA: O curso contará com carga horária de 18 horas presenciais, divididas em 06 (seis) encontros com duração de 03 (três) horas cada e 02 horas para elaboração da proposta de trabalho, totalizando 20 horas.

IX – REGÊNCIA: Profº Dr. Ramatis Jacino

X - CONTEÚDOS:
1º Encontro:
Apresentação do curso. O racismo estrutural/institucional nos dias de hoje, presente na Educação, como em outros segmentos atendidos pelo Estado. Reflexões sobre as raízes econômicas, políticas e ideológicas.
2º Encontro:
A escravidão moderna e seu caráter na construção do capitalismo. O papel da escravidão na economia da colônia e na ocupação do território brasileiro. A importância do açúcar como
produto que gera riquezas e determinou a opção pelo trabalho escravo no Brasil.
3º Encontro:
As razões para o fim da escravidão, a maneira como se deu a transição do trabalho escravo para o trabalho “livre’ no nosso país e a migração do capital escravista para o capital mercantil, industrial e financeiro em São Paulo
4º Encontro:
As construções ideológicas criadas para justificar a dominação dos europeus sobre outros povos e a escravidão. As justificativas religiosa e científica utilizadas pelas elites escravistas.
5º Encontro:
Os mecanismos de exclusão do mercado de trabalho, marginalização social e política e demonização da cultura a que os negros foram submetidos no Brasil;
6º Encontro:
Formas de resistência econômica, social, política e cultural do período pós-abolição até os dias atuais.

XI - CERTIFICAÇÃO: Farão jus à certificação os participantes que obtiverem frequência mínima 85% e que cumprirem as atividades propostas no curso.

XII - OBSERVAÇÃO: Não haverá dispensa de ponto.

XIII - ÁREA PROMOTORA: Secretaria Municipal de Educação – Diretoria de Orientação Técnica – Núcleo de Educação Étnico-racial e DOT-P das Diretorias Regionais de Educação.




OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.

2 comentários:

  1. Até as 21:15 do dia 31-03-2015, não estava disponibilizado o formulário para inscrição do curso oferecido pela DRE de São Mateus.

    ResponderExcluir
  2. Espero que tenha conseguido. Não tentei esse curso pois alguns batiam com um que estou fazendo.

    ResponderExcluir