terça-feira, 31 de março de 2015

DRE - curso optativo “POVOS INDÍGENAS, EDUCAÇÃO ESCOLAR E A NECESSÁRIA DESCONSTRUÇÃO DE ESTEREÓTIPOS”.

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 31/03/2015 – PÁGINA 37
COMUNICADO Nº 486, DE 30 DE MARÇO DE 2015

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe representou a Diretoria de Orientação Técnica/ Núcleo de Educação Étnico-racial em parceria com a DOT-P da Diretoria Regional de Educação de São Miguel, COMUNICA a realização do curso optativo “POVOS INDÍGENAS, EDUCAÇÃO ESCOLAR E A NECESSÁRIA DESCONSTRUÇÃO DE ESTEREÓTIPOS”.

I. JUSTIFICATIVA: O Brasil se configura como um país de grande diversidade étnico cultural. De acordo com o último censo do IBGE, ano 2010, mais de 890 mil pessoas se autodeclararam indígenas, pertencentes a 305 diferentes etnias, falantes de 274 diferentes idiomas. Desse conjunto de indivíduos, 12.977 residem na capital paulistana, o que caracteriza esta como o 4º maior município com população indígena do país (IBGE, 2010). A Lei nº 11.645/2008 foi criada com a finalidade, dentre outras, de auxiliar na difusão de informações como essas junto ao público escolar. O curso ora ofertado, como ação prevista na referida lei, visa apresentar dados sobre os povos indígenas brasileiros; uma reflexão crítica sobre a abordagem destinada aos mesmos ao longo da história; e promover uma análise sobre quem são os povos indígenas no Brasil do século XXI com a finalidade de desconstruir o estereótipo e imaginário senso comum sobre o que é ser ‘índio’.

II. OBJETIVOS: Capacitar educadores e demais profissionais da rede municipal de ensino com conteúdo histórico etnográfico sobre os povos indígenas brasileiros, no intuito de colaborar com a implementação da Lei nº 11.645/2008 e com a promoção da qualidade de ensino na rede pública de educação do município de São Paulo.

III - METODOLOGIA: As aulas organizar-se-ão com exposição dialogada dos conteúdos, leitura compartilhada de excertos dos textos da bibliografia básica, utilização de recursos audiovisuais, sobretudo filmes, reflexão e análise de material didático e planejamento de práticas pedagógicas.
Durante o curso serão realizadas duas atividades em grupo a fim de proporcionar o diálogo, sistematização e reflexão conjunta sobre as informações apresentadas durante os encontros presenciais.

IV. PÚBLICO ALVO: Supervisor Escolar, Diretor de Escola, Assistente de Diretor de Escola, Assistente Técnico de Educação I, Coordenador Pedagógico, Auxiliar Técnico de Educação, Agente Escolar, Professor de Educação Infantil, Professor de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Professor de Ensino Fundamental II e Médio, Gestor de CEU, Coordenador de Ação Educacional, Coordenador de Ação Cultural, Coordenador de Ação de Esportes e Lazer, Coordenador de Projetos, Coordenador de Biblioteca.

V - VAGAS: 50 (cinquenta) vagas por turma.

VI - CRONOGRAMA DE REALIZAÇÃO:
Dia da semana: Quarta-feira
Datas: 08/04; 15/04; 22/04; 29/04; 06/05; 13/05; 20/05; 27/05
Horário: das 19h00 às 22h00
Local: Auditório da SER São Miguel – Avenida Nordestina, 747 Vila Americana, São Paulo – SP.

VII - INSCRIÇÕES: Os interessados em inscrever-se no curso deverão preencher o formulário com os seguintes dados: Nome completo; RF; Vínculo; RG; CPF; Padrão; Horário de trabalho;Cargo e função; Unidade de exercício e Unidade de lotação, a partir de 31/03/2015, disponível no link: http://bit.ly/dremppovosindigenas

VIII - CARGA HORÁRIA: O curso contará com carga horária de 24 (vinte e quatro) horas, divididas 08 (oito) encontros semanais com duração de 03 (três) horas cada.

IX – REGÊNCIA: Profº Ms. Vanessa Alvarenga Caldeira

X - CONTEÚDOS:
Aula 01: Apresentação e Levantamento de Expectativas e Experiências; Sobre o imaginário popular acerca dos povos indígenas e um sobrevoo pela história pré-cabralina
Aula 02: Os Povos Indígenas na História do Brasil Colonial e Imperial: entre o bom e mau selvagem, entre o genocídio e a escravidão;
Aula 03: Povos Indígenas na História do Brasil Republicano: sob a égide de políticas assimilacionistas, o protagonismo indígena e a conquista de direitos;
Aula 04: Povos Indígenas no Brasil Contemporâneo: quem e como vivem os povos indígenas; Etnografias em diálogo;
Aula 05: Cara de Índio? Identidades negadas, diversidade invisibilizada;
Aula 06: Os Povos Indígenas e a Educação Escolar: é possível discurso e práticas pedagógicas contribuírem para superação do racismo no Brasil?;
Aula 07: Discussão, Reflexão e Produção: reflexões sobre possíveis ações pedagógicas sobre a temática indígena;
Aula 08: Discussão sobre as propostas elaboradas e avaliação do curso;

XI - CERTIFICAÇÃO: Farão jus à certificação os participantes que obtiverem frequência mínima 87,5% e que cumprirem as atividades propostas no curso.

XII - OBSERVAÇÃO: Não haverá dispensa de ponto.

XIII - ÁREA PROMOTORA: Secretaria Municipal de Educação – Diretoria de Orientação Técnica – Núcleo de Educação Étnico-racial e DOT-P das Diretorias Regionais de Educação.




OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário