sábado, 25 de abril de 2015

DRE - curso optativo “RACISMO INSTITUCIONAL: PERSPECTIVA ECONÔMICA DAS RELAÇÕES RACIAIS ”

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 25/04/2015 – PÁGINA 74
COMUNICADO Nº 618, DE 24 DE ABRIL DE 2015

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe representou o Diretor de Orientação Técnica/ Núcleo de Educação Étnico-racial em parceria com a DOTS-P das Diretorias Regionais de Educação, COMUNICA a realização do curso optativo “RACISMO INSTITUCIONAL: PERSPECTIVA ECONÔMICA DAS RELAÇÕES RACIAIS ”.

I. JUSTIFICATIVA: Um dos objetivos da Lei 10.639/03, posteriormente alterada pela Lei 11.645/08, é ratificar a História do Brasil, incluindo e corrigindo distorções realizadas ao longo do tempo por meio do sistema de educação formal público. O caminho para a transformação é possível por meio do debate franco dos conceitos e do aprendizado dos significados a respeito do racismo institucional. A problematização das relações raciais, nesse sentido, torna-se primordial para a formação de profissionais da educação cientes de um novo momento para a História do Brasil, principalmente por serem estes os profissionais que acreditam que a educação pode contribuir para o extermínio das desigualdades raciais e contribuir para uma sociedade mais justa.

II. OBJETIVOS: Contribuir para a implementação das Leis 10.639/03 e 11.645/08, promovendo uma introdução aos conceitos centrais do racismo institucional, relacionando a questão do desenvolvimento econômico e as relações raciais. Demonstrar como a educação formal institucionalizou o racismo, e como as ações das políticas públicas educacionais promoveram consequências econômicas drásticas ao povo negro e indígena.

III - METODOLOGIA: As aulas organizar-se-ão com exposição dialogada dos conteúdos, leitura compartilhada de excertos dos textos da bibliografia básica, utilização de recursos audiovisuais, sobretudo filmes e imagens, reflexão e análise de material didático e planejamento de práticas pedagógicas.

IV. PÚBLICO ALVO: Supervisor Escolar, Diretor de Escola, Assistente de Diretor de Escola, Assistente Técnico de Educação I, Coordenador Pedagógico, Auxiliar Técnico de Educação, Professor de Educação Infantil, Professor de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Professor de Ensino Fundamental II e Médio, Gestor de CEU, Coordenador de Ação Educacional, Coordenador de Ação Cultural, Coordenador de Ação de Esportes e Lazer, Coordenador de Projetos, Coordenador de Biblioteca. A distribuição das vagas dar-se-á da seguinte forma: 20 vagas para professores em exercício na Educação Infantil; 20 vagas para professores em exercício no Ensino Fundamental e Médio; 10 vagas para os demais cargos/funções, tendo como público prioritário os profissionais que atuem na DRE Santo Amaro. No caso de não preenchimento do total de vagas seguindo estes critérios, serão disponibilizadas vagas para os demais (todos os cargos e DREs) por ordem de chegada de inscrição.

V - VAGAS: 50 (cinquenta) vagas por turma.

VI - CRONOGRAMA DE REALIZAÇÃO: 
DRE Santo Amaro 
Dia da semana: Quarta-feira 
Datas: 06/05; 13/05; 20/05; 27/05; 03/06; 10/06/15 
Horário: 19h00 às 22h00 
Local: Auditório da DRE Santo Amaro – Endereço: R. Padre José de Anchieta, 640 - Santo Amaro, São Paulo.

VII - INSCRIÇÕES: Os interessados em inscrever-se no curso deverão preencher o formulário com os seguintes dados: Nome completo; RF; Vínculo; RG; CPF; Padrão; Horário de trabalho; Cargo e função; Unidade de exercício e Unidade de lotação, a partir de 23/04/2015, disponível link: http://goo.gl/forms/TWMtVktDAk       

VIII - CARGA HORÁRIA: O curso contará com carga horária de 20 (vinte) horas, divididas 06 (seis) encontros semanais com duração de 03 (três) horas cada e 02 horas não presenciais destinadas à elaboração da proposta de intervenção na unidade escolar com a temática étnico-racial.

IX – REGÊNCIA: Profº Mestre Eduardo Januário

X - CONTEÚDOS: 1º Encontro: Apresentação do curso; Revisão da História do Brasil, com enfoque nos acontecimentos durante a República, como: reformulação na educação pública; teorias racistas e teorias econômicas; 
2º Encontro: Demonstrar as consequências econômicas do pós-escravidão, com base em algumas questões que serão problematizadas e refletidas junto aos profissionais, são elas: Para onde foram os negros no pós-abolição? O que eles faziam para sobreviver? Onde foram trabalhar? Todos os negros eram ex-escravos? O que se pensavam a respeito deles? Quem tinha acesso à educação? 
3º Encontro: Com base nas indagações a respeito das consequências econômicas do pós-abolição apresentado na aula anterior, pretende-se nesta aula indicar e refletir conteúdos e leituras que demonstram a situação do povo negro e os privilégios derivados aos imigrantes brancos. O objetivo será trabalhar os conceitos, revisitando a história demonstrando as lacunas existentes deixadas pela educação formal instituída na época. 
4º Encontro: Apresentar as relações entre desenvolvimento econômico e as relações sociais, pensadas para o progresso da nação a partir de 1940, extremamente importante para a formulação de propostas de política pública que irão influenciar o futuro da população negra, com consequências até os dias atuais. 
5º Encontro: Demonstrar, a partir da década de 1980, como a educação formal será o divisor da ascensão social e mobilidade social. E como o racismo institucionalizado, portanto, como base na meritocracia, historicamente exterminou a possibilidade da população negra de estudar, e por sua vez, ter prosperidade econômica. 
6º Encontro: Revisão, reflexão e apresentação dos profissionais de um plano de ação pedagógica com base no curso aplicado.

XI - CERTIFICAÇÃO: Farão jus à certificação os participantes que obtiverem frequência mínima 83,34% e que cumprirem as atividades propostas no curso.

XII - OBSERVAÇÃO: Não haverá dispensa de ponto.

XIII - ÁREA PROMOTORA: Secretaria Municipal de Educação – Diretoria de Orientação Técnica – Núcleo de Educação Étnico-racial e DOT-P das Diretorias Regionais de Educação.




OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário