quarta-feira, 6 de maio de 2015

Curso Optativo “Momentos e lugares da presença indígena em São Paulo”.

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 09/06/2015 – PÁGINA 38
RETIFICAÇÃO DA PUBLICAÇÃO DO DOC DE 06/05/15, PÁG. 27,
COMUNICADO Nº 667, DE 5 DE MAIO DE 2015.

LEIA-SE COMO SEGUE E NÃO COMO CONSTOU:

REGÊNCIA: Adriana de Carvalho Alves, Aline Valentini, Aparecida Ana Silva Ramos de Oliveira, Avani Florentino Fulni-ô, Benedito Prezia, Chirley Pankará, Danilo Silva Guimarães, Emerson Guarani, Fernanda Borsatto Cardoso, Heitor Antonio Paladim, Keysi Fulniô, Renato Pankararé, Wesley Sousa Vieira

..................................................


DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 06/05/2015 – PÁGINA 27
COMUNICADO Nº 667, D 05 DE MAIO DE 2015.

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe representou o Diretor de Orientação Técnica – Núcleo de Educação Étnico-racial em parceria com a Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial, COMUNICA: a realização do Curso Optativo “Momentos e lugares da presença indígena em São Paulo”.

JUSTIFICATIVA O curso almeja ser um espaço de discussão sobre a História e Cultura Indígena na cidade de São Paulo, no qual professores, gestores e demais funcionários da Rede Municipal de Educação, poderão refletir sobre a presença indígena na cidade, além de conhecer as lutas pelo reconhecimento, autonomia e visibilidade e elementos culturais. Acreditamos que a diversidade étnico-racial da cidade de São Paulo deve ser apreendida como elemento desencadeador de aprendizagens no âmbito da Cidade Educadora em consonância com a Meta 58, do Plano de Metas da Prefeitura de São Paulo. Pretendemos, ainda, que estas discussões possam fornecer aportes teóricos e conceituais subsidiando o trabalho com a História e Cultura Indígena na sala de aula, de modo que os educandos da rede municipal sejam envolvidos em práticas educativas que valorizem a Diversidade Étnico-Racial, conforme o que determina a lei 11.645/08.

OBJETIVOS - Contribuir para a implementação da Lei 11.645/08, especificamente no que se refere ao ensino de História e Cultura Indígena. - Propiciar a formação de Educadores(as), Gestores(as), Equipe Técnica sobre no que tange a temática indígena. - Proporcionar aos educadores experiências que possibilitem aprofundar a reflexão a respeito da História e Cultura Indígena.

CONTEÚDOS –
1º encontro - Os indígenas Resistentes: Documentário - Agosto Indígena; Umas experiências a partir da Presença Indígena na Cidade de São Paulo; O Povo Pankararé na cidade de São Paulo; Desafios para a formação de Professores sobre História e Cultura Indígena.
2º encontro - A cidade como local de afirmação dos direitos indígenas. Índios na Cidade; O povo Fulni-ô na cidade de São Paulo; A História da migração Pataxó para a Cidade de São Paulo; São Paulo e os povos Indígenas da Bahia.
3º encontro - Universidade e Educação Indígena. A Universidade também é nossa – Programa Pindorama; Programa Pindorama-SP/PUC-SP; Um indígena em Cuba – A experiência da Formação de Indígenas a partir de Universidades Cubanas;
4º encontro - Livros Indígenas e a Lei nº 11.645. TainaKan – A estrela Vésper. Nossos Lideres Indígenas; Uma análise sobre a conjuntura indígena na cidade de São Paulo; Literatura indígena;

METODOLOGIA: As aulas organizar-se-ão com exposição dialogada dos conteúdos, leitura compartilhada de excertos dos textos da bibliografia básica, utilização de recursos audiovisuais, reflexão e análise de material didático e planejamento de práticas pedagógicas.

PÚBLICO ALVO: Supervisor Escolar, Diretor de Escola, Assistente de Diretor de Escola, Assistente Técnico de Educação I, Coordenador Pedagógico, Auxiliar Técnico de Educação, Professor de Educação Infantil, Professor de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Professor de Ensino Fundamental II e Médio, Gestor de CEU, Coordenador de Ação Educacional, Coordenador de Ação Cultural, Coordenador de Ação de Esportes e Lazer, Coordenador de Projetos, Coordenador de Biblioteca. A distribuição das vagas dar-se-á da seguinte forma: 15 vagas para professores em exercício na Educação Infantil; 20 vagas para professores em exercício no Ensino Fundamental e Médio; 13 vagas para os demais cargos/funções; 2 vagas para funcionários da Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial. No caso de não preenchimento do total de vagas seguindo estes critérios, serão disponibilizadas vagas para os demais por ordem de inscrição.

VAGAS:: 50 vagas

LOCAL: Auditório da Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial - SMPIR, Rua Libero Badaró, 425, 6° andar.

DATAS: 11/05; 18/05; 25/05; 01/06/15.

HORÁRIO: das 19h00 às 22h00

CARGA HORÁRIA: 12 (doze) horas divididas em 4 (quatro) encontros de 3 (três) horas.

INSCRIÇÕES: A realização do curso está condicionada a um número mínimo de trinta por cento das vagas para inscrição e será considerada a ordem de chegada das inscrições. As vagas serão preenchidas de acordo com a ordem de chegada das mensagens, até que se esgote o prazo ou o número total de vagas, ou o que ocorrer primeiro. Os interessados deverão se inscrever, do dia 05/05 até 07/05/15, via link, http://goo.gl/forms/6HiWWEjg2R  , informando nome completo; RF; vínculo; RG; CPF; padrão; horário de trabalho; cargo e função; unidade de exercício e unidade de lotação.

REGÊNCIA: Roberto Veríssimo; Renato Pankararé; Ava Fulni-ô; Danilo Silva Guimarães; Diva Wassu Cocal; Keysi Fulniô; Salvador Pataxó Hã hã; Elias Pataxó Hã hã; Aparecida Ana Silva Ramos de Oliveira; Jurandir Pankararu; Emerson Guarani; Benedito Prezia; Ana Brites Blaser; Aline Valentini, Fernanda Borsatto Cardoso, Chirley Pankará;

CERTIFICAÇÃO: Farão jus à certificação os participantes que obtiverem conceito S e frequência mínima 100% (cem por cento).

OBSERVAÇÃO Os encontros ocorrerão fora do horário normal de trabalho, sem dispensa de ponto. Responsáveis : Adriana de Carvalho Alves, RF 723.847.9, e Fernanda Borsatto Cardoso, RF 779.106.2.

ÁREA PROMOTORA Secretaria Municipal de Educação – Diretoria de Orientação Técnica – Núcleo de Educação Étnicoracial, em parceria com a Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial.



OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário