sábado, 16 de maio de 2015

DREs - Curso Cinema na Escola

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 19/09/2015 – PÁGINA 49
RETIFICAÇÃO DO COMUNICADO Nº 708, DE 15 DE MAIO DE 2015,
PUBLICADO NO DOC DE 16 DE MAIO DE 2015, PÁG. 47

LEIA-SE COMO SEGUE E NÃO COMO CONSTOU:
DRE SÃO MIGUEL –
TURMA 4 Quartas -feiras :19:00 às 22:00h Datas: 05/08, 12/08, 19/08 e 26/08/15 Regência: Cláudia de Almeida Mogadouro
DRE SÃO MIGUEL –

TURMA 4A Quartas -feiras :19:00 às 22:00h Datas: 05/08, 12/08, 19/08 e 26/08/15 Regência: Carlos Alberto Mendes de Lima 
......................
DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 03/09/2015 – PÁGINA 33
RETIFICAÇÃO DO COMUNICADO Nº 708, DE 15 DE MAIO DE 2015,
PUBLICADO NO DOC DE 16 DE MAIO DE 2015, PÁG. 47

INCLUA-SE: DRE SÃO MIGUEL –

TURMA 4A
Quartas -feiras :19:00 às 22:00h
Datas: 29/07, 05/08, 12/08 e 19/08/2015

Regência: Carlos Alberto Mendes de Lima

...........................................
DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 16/05/2015 – PÁGINA 47
COMUNICADO Nº 708 DE 15 DE MAIO DE 2015.

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe representou a Diretoria de Técnica através da DOT - Núcleo Nas Ondas do Rádio, COMUNICA aos educadores da Rede Municipal de Ensino de São Paulo a realização do Curso Cinema na Escola

I - JUSTIFICATIVA: O cinema possui duas características fundamentais para seus espectadores. De um lado amplia seu repertório cultural e de outro possibilita que, por meio da convivência, debates possam ser fomentados, a partir das temáticas pelos filmes levantados. Desta maneira, a escola que insere sessões de cinema em sua agenda, passa a ter um importante papel de potencializar discussões escolares e extraescolares sobre temas relevantes para a sociedade e, mais especificamente, para os interesses que circulam no cotidiano escolar. Para além do repertório cultural, os professores e alunos podem suscitar discussões acerca das relações entre cinema e literatura, história, geografia, ética e quantos mais forem os desmembramentos do filme a ser exibido. E sempre são muitos. Na relação com a comunidade do entorno, a escola abre suas portas e se garante como um espaço democrático, no qual a família não pode ficar de fora.

II - OBJETIVOS: - Formar educadores para a compreensão dos significados e amplitude que o cinema pode oferecer no que tange o trabalho pedagógico. - Ampliar o repertório cultural, bem como preparar os professores para o trabalho de mediação entre cinema e temáticas por ele suscitadas. - Fomentar a criação de espaços de exibição nas escolas, com a perspectiva da Educomunicação, para que este seja um espaço de convívio entre escola e comunidade, possibilitando a todos discussões sobre os temas de seu interesse.

III - METODOLOGIA:
a) DIDÁTICO-PARTICIPATIVAS - Reflexão dialógica sobre os significados e potencialidades do cinema em sua relação com os espaços escolares e com a comunidade; - Atividades práticas de pesquisa sobre o acervo das escolas, seguidas de reflexão. - Atividades práticas de pesquisa sobre programas de difusão do cinema (preferencialmente nacional), seguidas de reflexão.
b) DIDÁTICO-EXPOSITIVAS - Discussão sobre a relação entre cinema e escola: ampliação de repertório cultural; articulação entre cinema e disciplinas escolares; potencialidade do espaço de exibição como agregador da comunidade escolar e do entorno. - Apresentação do passo-a-passo para uma exibição: organização geral; pesquisa sobre acervo; agenda de exibições; apresentação e divulgação do filme; pós produção e avaliação. - Discussão sobre a importância da mediação de filmes no espaço escolar, realizada por professores, alunos e convidados especiais, relacionados às temáticas.
c) AUTOFORMATIVAS - Pesquisa e reflexão sobre o acervo da escola, bem como dos programas físicos e online de difusão de cinema; - Vivência de mediação pedagógica de filmes durante o curso

IV - CONTEÚDO: Potencialidades do cinema; manejo dos equipamentos de exibição (projetor e som); organização geral, curadoria, divulgação e mediação pedagógica; construção de ficha técnica pedagógica; pesquisa sobre acervo audiovisual da escola; pesquisa para ampliação de repertório cultural.


V – PÚBLICO ALVO: Professores de Educação Infantil, Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II e Médio; Coordenadores Pedagógicos, Diretores de Escola, Supervisores Escolares e Gestores de Centro Educacional Unificado, Auxiliar Técnico Educacional, Agente de Gestão de Política Pública, Especialista em Informações Técnicas, Culturais e Desportivas.

VI – CARGA HORÁRIA: 12 horas presenciais

VII – CRONOGRAMA:
DRE Campo Limpo – (Turma 1) Quintas-feiras: 13:30 às 17:30 h
Datas: 18/06, 25/06 e 02/07/15
Local: Laboratório de informática DRE Campo Limpo - Avenida João Dias, 3763 - Terminal João Dias
Regência: Cláudia de Almeida Mogadouro

DRE – Ipiranga ( Turma 2) Sábados: 08:00 às 14:00 h
Datas: 23/05 e 30/05/15
Local: Laboratório de informática DRE Ipiranga - Rua Leandro Dupret 525 - Vila Clementino Regência: Cláudia de Almeida Mogadouro

DRE – Santo Amaro ( Turma 3) Sábados: 08:00 às 14:00 h
Datas 20/06 e 27/06/15
Local: CEU Caminho do Mar - Avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira, 5241 - Jabaquara Regência Cláudia de Almeida Mogadouro

DRE – São Miguel ( Turma 4) Quartas-feiras: 19:00 às 22:00 h
Datas: 29/07, 05/08, 12/08 e 19/08/15
Local: Laboratório de informática da DRE São Miguel - Av. Nordestina, 747 - São Miguel
Regência Cláudia de Almeida Mogadouro

VIII - RECURSOS Sala vedada de luz externa; laboratório de informática; equipamentos de imagem (Data show e Diebold), equipamento de som (caixa amplificada), café e água.


NÚMERO DE VAGAS:: 25 vagas por turma, sendo no máximo duas inscrições por unidade educacional, salvo quando não completarem o número mínimo de vagas. Cancelamento de participação, regras no site de inscrição

X - AVALIAÇÃO: Frequência de 100% e desenvolvimento de atividades propostas no curso.

XI - CERTIFICADOS: Haverá certificado para os professores que obtiverem conceito “S” (satisfatório) ou “P” (plenamente satisfatório), frequência igual a 100% e produção de material ao final do curso.

XI – ÁREA PROMOTORA: SME/DOT - Programa Nas Ondas do Rádio



OBS: os cursos são importantes para a evolução funcional.





Nenhum comentário:

Postar um comentário