domingo, 3 de maio de 2015

SINPEEM – presencial de 32 horas - Linguagens artísticas na educação

SINPEEM - CURSO PRESENCIAL DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA GRATUITOS

VÁLIDOS PARA ENQUADRAMENTO POR EVOLUÇÃO FUNCIONAL


Linguagens artísticas na educação

Objetivos: refletir sobre o estudo da natureza, do belo e dos fundamentos da arte, tendo-a como expressão da linguagem. Conhecer as grandes correntes teóricas e culturais através dos principais aspectos da História da Arte, bem como a reflexão sobre a experiência estética e como se dão os conceitos de obra de arte, de mercado, de mecenato artístico e de estatuto do artista ao longo dos tempos.

Carga horária: 32 horas
Período de realização: 07/11 a 05/12/2015
Encontros: 07 e 28/11/2015
Horário: das 9h às 17h
Inscrições: a partir das 10 horas do dia 27/10/2015.
INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Público-alvo

Todos os cursos de extensão universitária são destinados ao seguinte público: professor de educação infantil, professor de educação infantil e ensino fundamental I, professor de ensino fundamental II e médio, agente escolar, auxiliar técnico de educação, agente de apoio, diretor de escola, coordenador pedagógico e supervisor escolar,

Inscrições:

- somente no site do SINPEEM (www.sinpeem.com.br);

- cada associado poderá fazer inscrição em até dois cursos de extensão universitária.

Pré-requisitos:

- ter uma graduação ou licenciatura;

- ser filiado ao SINPEEM.

Documentos (cópias simples) que devem ser apresentados na primeira aula presencial:

- RG (não pode ser CNH);

- CPF (caso não conste no RG);

- certidão de casamento ou nascimento (caso tenha alteração de nome no RG);

- diploma de graduação ou licenciatura;

- holerite (atualizado).

Certificação

O certificado será emitido pelas Faculdades Integradas Campos Salles. Farão jus ao certificado os participantes que atenderem às seguintes condições:

- frequência de 100% nos encontros;

- conceito/nota de aproveitamento satisfatório.

Local dos cursos:

- Centro Cultural do SINPEEM – Avenida Santos Dumont, 560, Metrô Armênia. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário