terça-feira, 7 de julho de 2015

DREs Curso Optativo: “A Educação na Luta Contra o Racismo: discursos e práticas”.

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 07/07/2015 – PÁGINA 41
DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO FREGUESIA/ BRASILÂNDIA
COMUNICADO Nº 57, DE 02 DE JULHO DE 2015.

A Diretora Regional de Educação da Diretoria Regional de Educação Freguesia/Brasilândia no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe representou a Divisão de Orientação Técnico-Pedagógica – DOT-P, DIVULGA o Curso Optativo: “A Educação na Luta Contra o Racismo: discursos e práticas”.

JUSTIFICATIVA: Os primeiros anos do século XXI têm sido marcados pela luta da garantia dos direitos da dignidade humana. Nessa perspectiva, uma parcela expressiva de todas as sociedades discute, sugere e propõe políticas públicas que possam orientar pessoas e instituições no trato com os cidadãos e cidadãs de uma forma geral. Por outro lado, infelizmente, as agressões aos seres humanos, por conta das suas diferenças de gênero, raça, religião, orientação sexual e/ou regional, paradoxalmente, só crescem. Nesse sentido, acreditamos que as crianças e os adolescentes de uma forma geral e sobretudo as crianças negras, estarão menos vulneráveis a toda essa violência, a partir do momento em que todas as escolas estabelecerem a humanização como uma das suas prioridades na formação dos alunos e alunas. Para tanto, dentro do Programa de Formação DOT-P “Nenhum a menos”, propomos mais esta formação que tem como base os princípios do Programa Mais Educação São Paulo e CEU-FOR.

OBJETIVOS: Sugerir, a partir das leis 10.639/03 e 11.645/08 a adoção pelos professores, por práticas pedagógicas que estimulem a convivência respeitosa entre os alunos, e que as diferenças não sejam alvo de preconceitos das mais variadas formas; Subsidiar os professores para que possam estimular os alunos a combaterem a ideia de que a diferença é um sinônimo de inferioridade e que haja a ruptura definitiva entre a dicotomia: superiores e inferiores.

CONTEÚDOS: Revisão da história, passando inevitavelmente pela colonização, a violência contra a população indígena e a sua expropriação das suas terras e cultura. O legado de quase quatrocentos anos de escravidão, e seu impacto nos dias atuais. A sofisticação do racismo, que permite a sua perpetuação e acentua o sofrimento da população negra.

METODOLOGIA: Dinâmicas Lúdicas; Exposição dialogada; Discussão e socialização de ideias; Uso de recursos audiovisuais (vídeos e músicas); Aulas expositivas e leitura de textos; Atividades em grupos.

PÚBLICO-ALVO: Supervisor Escolar, Diretor de Escola, Coordenador Pedagógico, Professor de Ensino Fundamental II e Médio, Professor de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Professor de Educação Infantil, Auxiliar Técnico de Educação e Agente Escolar, jurisdicionados à Diretoria Regional de Educação da Freguesia/ Brasilândia. Havendo vagas, poderão se inscrever educadores das demais DREs.

CARGA HORÁRIA: 12 horas

NÚMERO DE VAGAS: 100 vagas por turma

CRONOGRAMA:
TURMA A: Dias: 14/09, 21/09, 28/09 Horário: 8h às 12h
TURMA B Dias: 05/10, 19/10, 26/10 Horário: 14h às 18h
TURMA C Dias: 12/08, 19/08, 26/08 Horário: 19h às 23h
TURMA D Dias: 04/11, 11/11, 18/11 Horário: 19h às 23h

LOCAL: Auditório da Diretoria Regional de Educação Freguesia / Brasilândia Rua Léo Ribeiro de Moraes, 66, Vila Arcádia.

INSCRIÇÃO: 
TURMA A: 24/8 através do link http://goo.gl/stJrr5
TURMA B: 28/9 através do link http://goo.gl/stJrr5
TURMA C: 23/7 através do link http://goo.gl/stJr5

(inscrições à partir de 27/07 às 12:30) - mensagem recebida dia 25/07 ao clicar na turma C

TURMA D: 26/10 através do link http://goo.gl/stJrr5

As vagas serão preenchidas de acordo com a ordem de chegada das inscrições.

REGENTE: Edmar Silva – RF 707.610.0 /2

AVALIAÇÃO: Será processual considerando a participação nas aulas e frequência.

CERTIFICAÇÃO: Serão conferidos certificados aos participantes que obtiverem frequência de 100% e aproveitamento SATISFATÓRIO (“S”) de acordo com o processo de avaliação. OBS: por ser um curso optativo, a participação no curso não prevê a dispensa de ponto do funcionário.


ÁREA PROMOTORA: Divisão de Orientação Técnico-pedagógica da Diretoria Regional de Educação da Freguesia/ Brasilândia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário