quinta-feira, 27 de agosto de 2015

DREs - seminário “Literatura Negra: Maria Firmina dos Reis e Luiz Gama - precursores do ativismo literário negro no Brasil”

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 27/08/2015 – PÁGINA 31
COMUNICADO Nº 1.246, DE 26 DE AGOSTO DE 2015

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe representou a Diretora de Orientação Técnica, por meio do Núcleo de Educação ÉtnicoRacial, em parceria com Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes – Biblioteca Temática em Direitos Humanos – Maria Firmina dos Reis, COMUNICA a realização do seminário “Literatura Negra: Maria Firmina dos Reis e Luiz Gama - precursores do ativismo literário negro no Brasil”

I – JUSTIFICATIVA: Maria Firmina dos Reis e Luiz Gama constituem o núcleo temático do I Seminário de Literatura Negra que faz parte da programação da I Festa Literária da Cidade Tiradentes. Em 1859, ambos publicaram os livros que os credenciam como precursores do ativismo literário negro no Brasil, contribuindo para uma série de autores posteriores que colocaram em evidência a necessidade de firmar uma perspectiva da população negra na literatura. Neste sentido, o curso contribuirá para a implementação da Lei 10.639/03 e permitirá aos professores o contato com produções artísticas de extrema relevância para a construção de práticas pedagógicas antirracistas, o que também coaduna com a política educacional do munícipio de São Paulo.

II – OBJETIVOS: - Dar visibilidade ao processo de construção do conceito de Literatura Negra como um segmento possível no universo da Literatura Brasileira. - Facilitar o acesso público aos esforços acadêmicos que nos últimos anos vêm se debruçando sobre a produção literária negra no Brasil. - Estabelecer diálogo entre a produção acadêmica sobre o tema e os autores ativistas que a provocaram. - Aproximar a produção literária negra brasileira do debate sobre o surgimento do sujeito periférico.

III – METODOLOGIA: Ao longo seminário, duas mesas de debate, uma palestra e uma performance literária reunirão acadêmicos e autores ativistas contemporâneos para refletir sobre o significado da iniciativa pioneira de Maria Firmina dos Reis e Luiz Gonzaga Pinto da Gama no combate ao preconceito, à discriminação e ao racismo através da literatura. A composição das mesas e do afro-sarau procura contemplar a presença negra, jovem, feminina e periférica, além da especificidade territorial do distrito de Cidade Tiradentes.

IV – PÚBLICO ALVO: Supervisor Escolar, Diretor de Escola, Assistente de Diretor de Escola, Assistente Técnico de Educação I, Coordenador Pedagógico, Auxiliar Técnico de Educação, Agente Escolar, Professor de Educação Infantil, Professor de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Professor de Ensino Fundamental II e Médio, Gestor de CEU, Coordenador de Ação Educacional, Coordenador de Ação Cultural, Coordenador de Ação de Esportes e Lazer, Coordenador de Projetos, Coordenador de Biblioteca, Analista de Informações, Cultura e Desporto/ Educação Física e Analista de Informações, Cultura e Desporto/ Biblioteconomia.

V – VAGAS: 200 (duzentas) vagas.

VI – CRONOGRAMA DE REALIZAÇÃO: Dia da semana: Sábado Data: 19/09/2015 Horário: 10h00 às 19h00 Local: Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes - Endereço: Rua Inácio Monteiro, 6.900, Cidade Tiradentes São Paulo.

VII – CARGA HORÁRIA: 08 (oito) horas presenciais.

VIII – INSCRIÇÕES: Os interessados em inscrever-se no seminário deverão preencher o formulário com os seguintes dados: Nome completo; RF; Vínculo; RG; CPF; Padrão; Cargo e função; Unidade de exercício e Unidade de lotação, a partir de 28/08/2015, disponível no link: http://goo.gl/forms/T3EvcbE7aN . As inscrições ficarão abertas até o esgotamento das vagas e os contemplados serão comunicados via e-mail a partir de 07/09/2015.

IX – AVALIAÇÃO: A avaliação será contínua, baseada na frequência e participação nas atividades e discussões. A frequência mínima será de 100%.

X – REGENTES: José Abílio Ferreiro, Miriam Aparecida Alves, Luiz Fernando Ruffato de Souza, Ligia Fonseca Ferreira, Esmeralda Ribeiro, Eduardo de Assis Duarte, Luiz Silva (Cuti) e Cristiane Santana Silva.

XI – PROGRAMAÇÃO: 10h00 – Abertura - Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes e SME/DOT/Núcleo de Educação Étnico-racial 10h30 – Mesa Maria Firmina dos Reis - com Eduardo de Assis Duarte, Miram Alves, Esmeralda Ribeiro. 13h30 – Mesa Luiz Gama - com Ligia Ferreira e Cuti 16h às 17h30 – Palestra com Luiz Ruffato 18h – Resistência Preta – Performance Literária Com Coletivo de Esquerda Força Ativa

XII - CERTIFICAÇÃO: Farão jus à certificação os participantes que obtiverem frequência de 100% (cem por cento) e participação das atividades propostas durante as aulas.

XIII – OBSERVAÇÃO: O seminário ocorrerá fora do horário normal de trabalho, sem dispensa de ponto.

XIV – RESPONSÁVEIS: Cristiane Santana Silva, RF: 791.265.0, Assistente Técnico de Educação I e Charlene Kathlen de Lemos, RF: 776.972.5, Analista de Informações, Cultura e Desporto.


XV – ÁREA PROMOTORA: Secretaria Municipal de Educação – Diretoria de Orientação Técnica – Núcleo de Educação Étnico-racial, em parceria com o Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes – Biblioteca Temática em Direitos Humanos – Maria Firmina dos Reis. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário