terça-feira, 22 de março de 2016

CURSO OS POVOS INDÍGENAS, AS DIVERSIDADES ÉTNICAS E A ESCOLA

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 22/03/2016 – PÁGINA 45
COMUNICADO Nº 300, DE 21 DE MARÇO DE 2016

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, CONFORME O QUE LHE REPRESENTOU O COORDENADOR DA COORDENADORIA PEDAGÓGICA / COPED/NTC/NÚCLEO DE EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL, COMUNICA A REALIZAÇÃO DO CURSO OS POVOS INDÍGENAS, AS DIVERSIDADES ÉTNICAS E A ESCOLA: REPENSANDO AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS, CONFORME ESPECIFICAÇÕES A SEGUIR: 

I - JUSTIFICATIVA: EXISTEM NO BRASIL, SEGUNDO OS DADOS MAIS ATUALIZADOS DO IBGE (2010), 305 POVOS INDÍGENAS, FALANTES DE APROXIMADAMENTE 270 LÍNGUAS, PERFAZENDO UM TOTAL DE 890 MIL PESSOAS. OS INDÍGENAS ESTÃO DIFUNDIDOS POR TODO O TERRITÓRIO NACIONAL, HABITANDO NÃO SÓ AS 693 TERRAS INDÍGENAS BRASILEIRAS (ISA, 2014), MAS TAMBÉM AS GRANDES CIDADES, QUE SÃO A MORADA DE 30% DESSE CONTINGENTE. ENTRETANTO, ESSA DIVERSIDADE É POUCO CONHECIDA OU PROBLEMATIZADA E VALORIZADA NA SOCIEDADE DE MANEIRA GERAL, REFORÇADA POR MEIO DE CONCEPÇÕES PRECONCEITUOSAS, ESTEREOTIPADAS E GENÉRICAS. ESTE CURSO, EM CONSONÂNCIA COM O PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO SÃO PAULO, O QUAL APONTA PARA A IMPORTÂNCIA DO TRABALHO PEDAGÓGICO COM A DIVERSIDADE CULTURAL E ÉTNICO-RACIAL BRASILEIRA, PRETENDE CONTRIBUIR PARA QUE AS ESCOLAS TENHAM SUBSÍDIOS PARA O CUMPRIMENTO DA LEI 11.645/08 A QUAL ESTABELECE QUE AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DEVAM INCORPORAR EM SEUS CURRÍCULOS OS ESTUDOS SOBRE OS POVOS INDÍGENAS DO BRASIL.

II - OBJETIVOS: •POSSIBILITAR REFLEXÕES E DEBATES SOBRE A TEMÁTICA INDÍGENA E A DIVERSIDADE ÉTNICA BRASILEIRA; •CONTRIBUIR PARA A DIFUSÃO DE CONHECIMENTOS SOBRE OS DIFERENTES POVOS, SEUS MODOS DE VIVER E AS DIVERSAS FORMAS DE OCUPAR O TERRITÓRIO DO PAÍS, COM DESTAQUE PARA OS POVOS QUE HABITAM A CIDADE DE SÃO PAULO; •A PARTIR DE UMA REFLEXÃO CRÍTICA E HISTORIOGRÁ- FICA, DISCUTIR ACERCA DO PROJETO POLÍTICO IDEOLÓGICO QUE INVISIBILIZOU OS POVOS INDÍGENAS NO PAÍS E QUAL FOI E AINDA É O PAPEL DA ESCOLA NESSE CONTEXTO; •PROPICIAR O ACESSO A MATERIAIS E PROPOSTAS DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS QUE APRESENTEM E DISCUTAM OS POVOS INDÍGENAS NA CONTEMPORANEIDADE; •PROMOVER DEBATES QUE INTENTEM REFLETIR SOBRE O RACISMO, A DISCRIMINAÇÃO E OS CONFLITOS TERRITORIAIS NO PAÍS; •EXPLICITAR E DISCUTIR ALGUNS CONCEITOS COMO CULTURA, TERRITORIALIDADE, ETNIA, IDENTIDADE, PRECONCEITO, CONHECIMENTOS, DIVERSIDADE, DIFERENÇA, MULTICULTURALISMO, ENTRE OUTROS. •PROBLEMATIZAR OS CONTEÚDOS E AS FORMAS QUE OS MATERIAIS DIDÁTICOS ABORDAM A QUESTÃO INDÍGENA E PROPOR ATIVIDADES QUE POSSAM CONTRIBUIR PARA UMA VALORIZAÇÃO DOS POVOS INDÍGENAS, ESTIMULANDO O PENSAMENTO CRÍTICO DOS ALUNOS.

III - CONTEÚDO: POVOS INDÍGENAS E UMA PRIMEIRA APROXIMAÇÃO: APRESENTAÇÃO DO CURSO, EXPECTATIVAS E TROCA DE EXPERIÊNCIAS; OS DIREITOS INDÍGENAS E A DIVERSIDADE ÉTNICA CONTEMPORÂNEA: QUEM SÃO, COMO SÃO E ONDE VIVEM OS POVOS INDÍGENAS NO BRASIL?; A LEI 11.645/08, OS CURRÍCULOS, A EDUCAÇÃO ESCOLAR E OS POVOS INDÍGENAS: É POSSÍVEL PENSAR EM PRÁTICAS PEDAGÓGICAS MULTICULTURAIS?; A TEMÁTICA INDÍGENA NA ESCOLA: REFLETINDO E CONSTRUINDO PRÁTICAS PEDAGÓGICAS. APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS, DISCUSSÃO E AVALIAÇÃO DO CURSO.

IV - METODOLOGIA: AS AULAS SERÃO ORGANIZADAS A PARTIR DE REFLEXÕES CONJUNTAS E DEBATES, LEITURAS COMPARTILHADAS DE ENXERTOS TEXTUAIS, FILMES, DOCUMENTÁRIOS, DOCUMENTOS, MAPAS, ETC. SOBRE AS TEMÁTICAS INDÍGENAS, PROBLEMATIZANDO TAMBÉM OS MATERIAIS DIDÁTICOS SOBRE A QUESTÃO E COMPARTILHANDO EXPERIÊNCIAS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS. ADEMAIS, PARA AUMENTAR O ACERVO DOS PARTICIPANTES, SERÃO APRESENTADAS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA AMPLIAÇÃO E APROFUNDAMENTO DO TEMA. NO DECORRER DO CURSO, SERÃO PROPOSTAS ATIVIDADES EM GRUPO COM O OBJETIVO DE PROPICIAR A REFLEXÃO E SISTEMATIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS DISCUTIDOS DURANTE AS AULAS.

V - PÚBLICO ALVO: AGENTE DE APOIO, AGENTE ESCOLAR, ASSISTENTE TÉCNICO DE EDUCAÇÃO I, COORDENADOR DE AÇÃO CULTURAL / EDUCACIONAL, COORDENADOR DE ESPORTES E LAZER, COORDERNADOR PEDAGÓGICO, DIRETOR DE DIVISÃO TÉCNICA, DIRETOR DE ESCOLA, DIRETOR DE ORIENTAÇÃO TÉCNICA, DIRETOR REGIONAL DE EDUCAÇÃO, ANALISTA DE INFORMAÇÕES CULTURAIS/DESPORTIVAS/EDUCAÇÃO FÍSICA E BIBLIOTECA, GESTOR - CEU, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I, PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO, SECRETÁRIO DE ESCOLA, SUPERVISOR ESCOLAR

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 12 HORAS

VII - CRONOGRAMA:
07/04/2016 - 14/04/2016 - 27/04/2016 - 28/04/2016 - 19H00 ÀS 22H00
LOCAL: AUDITÓRIO DA DIRETORIA REGIONAL DE GUAIANASES - ENDEREÇO: RUA AGAPITO MALUF, 58 - VILA PRINCESA ISABEL, SÃO PAULO - SP, 08410-131.

VIII - TOTAL DE VAGAS: 50 VAGAS POR TURMA QUANTIDADE DE TURMAS: 1

IX - REGENTE: ANA LUISA BRITES BLASER

X- CERTIFICAÇÃO: FARÃO JUS À CERTIFICAÇÃO OS PARTICIPANTES QUE OBTIVEREM FREQUÊNCIA DE 100% E CONCEITO SATISFATÓRIO (S) AO CUMPRIREM AS ATIVIDADES PROPOSTAS NO CURSO.

XI - INSCRIÇÕES: OS INTERESSADOS EM INSCREVER-SE NO CURSO DEVERÃO PREENCHER O FORMULÁRIO COM OS SEGUINTES DADOS: NOME COMPLETO; RF; VÍNCULO; RG; CPF; PADRÃO; HORÁRIO DE TRABALHO; CARGO E FUNÇÃO; UNIDADE DE EXERCÍCIO E UNIDADE DE LOTAÇÃO, A PARTIR DA DATA DE PUBLICAÇÃO DESTE COMUNICADO, DISPONÍVEL NO LINK: https://goo.gl/hLEmQE


XII- ÁREA PROMOTORA: SME/COPED/NTC/NÚCLEO DE EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário