sábado, 30 de abril de 2016

CURSO PRESENCIAL: RECURSOS HÍDRICOS E SUSTENTABILIDADE – UM NOVO OLHAR SOCIOAMBIENTAL – PESQUISAS E POSSIBILIDADES DE ENSINO.

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 30/04/2016 – PÁGINA 58
DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO Nº 044, DE 20 DE ABRIL DE 2016.

CURSO PRESENCIAL: RECURSOS HÍDRICOS E SUSTENTABILIDADE – UM NOVO OLHAR SOCIOAMBIENTAL – PESQUISAS E POSSIBILIDADES DE ENSINO.

I - PERÍODO:
TURMA 1: MANHÃ (8H ÀS 12H) – SÁBADO DATAS: 03/09, 17/09 E 24/09/2016
TURMA 2: TARDE (13H ÀS 17H) – SÁBADO DATAS: 03/09, 17/09 E 24/09/2016
TURMA 3: MANHÃ (8H ÀS 12H) – SÁBADO DATAS: 01/10, 08/10 E 22/10/2016
TURMA 4: TARDE (13H ÀS 17H) – SÁBADO DATAS: 01/10, 08/10 E 22/10/2016
TURMA 5: MANHÃ (7H30MIN ÀS 11H30MIN) – TERÇAFEIRA DATAS: 04/10, 18/10 E 25/10/2016
TURMA 6: TARDE (14H ÀS 18H) – SEXTA-FEIRA DATAS: 07/10, 21/10 E 04/11/2016
TURMA 7: MANHÃ (8H ÀS 12H) – SÁBADO DATAS: 05/11, 19/11 E 26/11/2016
TURMA 8: TARDE (13H ÀS 17H) – SÁBADO DATAS: 05/11, 19/11 E 26/11/2016

II - CARGA HORÁRIA: 12 HORAS

III - PÚBLICO ALVO: AGENTE DE APOIO, AGENTE ESCOLAR, ASSISTENTE TÉCNICO DE EDUCAÇÃO I, ASSISTENTE DE DIRETOR DE ESCOLA, AUXILIAR ADMINISTRATIVO DE ENSINO, AUXILIAR DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL, AUXILIAR TÉCNICO DE EDUCAÇÃO, BIBLIOTECÁRIO, COORDENADOR DE AÇÃO CULTURAL / EDUCACIONAL, COORDENADOR PEDAGÓGICO, DIRETOR DE DIVISÃO TÉCNICA, DIRETOR DE ESCOLA, DIRETOR DE ORIENTAÇÃO TÉCNICA, DIRETOR REGIONAL DE EDUCAÇÃO, GESTOR - CEU, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I, PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO, SECRETÁRIO DE ESCOLA, SUPERVISOR ESCOLAR, ASSISTENTE DE GESTÃO DE POLÍTICAS PUBLICAS, AUXILIAR DE SECRETARIA, ANALISTA DE INFORMAÇÕES CULTURAIS E DESPORTIVAS, INSPETOR DE ALUNOS.

 IV - TOTAL DE VAGAS: 50 VAGAS, TOTALIZANDO 400 VAGAS.

V - CERTIFICAÇÃO: OBTERÁ APROVAÇÃO O ALUNO QUE OBTIVER FREQUÊNCIA DE 100% NAS AULAS DADAS E RENDIMENTO SATISFATÓRIO. *BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR CONTENDO DIVERSAS FONTES DE CONSULTA RELACIONADAS AO TEMA PROPOSTO.

VI - ÁREA PROMOTORA: APROFEM – SINDICATO DOS PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS MUNICIPAIS DE SÃO PAULO


VII - DESPACHO: À VISTA DO CONTIDO NO INCISO II DO ART. 12 DA PORTARIA SME Nº 4.289/14, APÓS ANÁLISE DA PROPOSTA DO CURSO, CONSIDERO HOMOLOGADO.

SEMINÁRIO DE ABERTURA DAS OLIMPÍADAS ESTUDANTIS E INTERCEUS

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 30/04/2016 – PÁGINA 58
COMUNICADO Nº 539, DE 28 DE ABRIL DE 2016.

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, CONFORME O QUE LHE REPRESENTOU A DIRETORA DA COCEU, COMUNICA A REALIZAÇÃO DO SEMINÁRIO DE ABERTURA DAS OLIMPÍADAS ESTUDANTIS E INTERCEUS, CONFORME ESPECIFICAÇÕES A SEGUIR:
I - JUSTIFICATIVA: EM ATENDIMENTO AO DECRETO N° 54.452 DE 10/10/13 E DA PORTARIA N° 5930/13 DE 14/10/13, COM INTUITO DE FOMENTAR AÇÕES DE FORMAÇÃO JUNTO AOS SEUS EDUCADORES, CONSIDERANDO A IMPORTÂNCIA DO EVENTO E PRIMANDO PELA QUALIDADE DAS NOSSAS AÇÕES, A DIVISAO DE ESPORTE, CORPO E MOVIMENTO PROMOVE DISCUSSÕES SOBRE OS EVENTOS OLIMPÍADAS ESTUDANTIS E INTERCEUS, LEVANDO A REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DE SÃO PAULO A REPENSAR CERTOS PRINCÍPIOS QUE NORTEIAM A INICIAÇAO ESPORTIVA NA ESCOLA E OS PROJETOS REALIZADOS NO CONTRATURNO. DESSE MODO, ESTE SEMINARIO PROMOVE UM DEBATE A RESPEITO DAS POSSIBILIDADES DESSAS PRATICAS.

II - OBJETIVOS: APRESENTAR PROPOSTAS E ORIENTAÇÕES DA COCEU NA EXECUÇÃO DE PROJETOS DE AMPLIAÇÃO DA JORNADA, ASSIM COMO DISCUSSÕES A RESPEITO DA INICIAÇÃO ESPORTIVA NO CONTEXTO EDUCACIONAL.
III - CONTEÚDO: - ORIENTAÇÃO REFERENTE AO PROGRAMA MAIS EDUCAÇAO E EDUCAÇÃO INTEGRAL; - ORIENTAÇÃO REFERENTE A ELABORAÇÃO DE PROJETOS; - RELATO DE EXPERIÊNCIAS DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO;

IV - METODOLOGIA: O SEMINÁRIO ESTA ORGANIZADO METODOLOGICAMENTE NA SEGUINTE MANEIRA: - ABERTURA DO EVENTO MEDIANTE INTERVENÇÃO DA COCEU REFERENTE A ORGANIZAÇÃO DE PROJETOS. - INTERVENÇÃO DOS PALESTRANTES. - ABERTURA DE DIÁLOGO COM OS PARTICIPANTES. - RELATOS DE EXPERIÊNCIAS.

V - PÚBLICO ALVO: COORDENADOR PEDAGÓGICO; PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL I; PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO; COORDENADOR DE ESPORTES E LAZER; ANALISTAS DE INFORMAÇÕES CULTURAIS E DESPORTIVAS; DIRETOR DE DICEU; AUXILIAR TÉCNICO DE EDUCAÇÃO RESPONSÁVEL PELAS OLIMPÍADAS E INTERCEUS NA DICEU, EM CONFORMIDADE AO ARTIGO 2º DA PORTARIA Nº 3.174, DE 25 DE ABRIL DE 2016.

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 07 HORAS

VII - CRONOGRAMA: DIA 05/05/2016 DAS 09:00H ÀS 17:00H. LOCAL: CEU CASA BLANCA – RUA JOÃO DAMASCENO, 85 - VILA DAS BELEZAS

VIII - TOTAL DE VAGAS: 450 VAGAS 

IX - REGENTES: - DANIEL JOSE DE PAIVA - RF 8028788 - ADIVALDO NUNES DE JESUS JUNIOR - RF 7985380 - RAFAEL SANDALO NERY PALHARES – RF 7704364 - JOÃO KLEBER DE SANTANA SOUZA – RF 6768237 - PALESTRANTES INDICADOS PELA SME.

X - INSCRIÇÕES: VIA LINK GOOGLE: http://goo.gl/forms/iVuGBGOwvX  A DISPENSA DE PONTO DOS PARTICIPANTES OCORRERÁ CONFORME DISPOSTO NA PORTARIA Nº 3.174, DE 25 DE ABRIL DE 2016, DOC 26/04/2016, PÁG.10 E 11.


XI- ÁREA PROMOTORA: COCEU-COORDENADORIA DOS CENTROS EDUCACIONAIS UNIFICADOS E DA EDUCAÇÃO INTEGRAL

CURSO “HISTÓRIA E CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA: UMA INTRODUÇÃO”

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 30/04/2016 – PÁGINA 58
COMUNICADO Nº 540, DE 26 DE ABRIL DE 2016.

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, CONFORME O QUE LHE REPRESENTOU O DIRETOR DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL, COMUNICA A REALIZAÇÃO DO CURSO “HISTÓRIA E CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA: UMA INTRODUÇÃO”, CONFORME ESPECIFICAÇÕES A SEGUIR:

I - JUSTIFICATIVA: O CURSO VISA DISCUTIR AS RELAÇÕES HISTÓRICAS E CULTURAIS ENTRE O BRASIL E A ÁFRICA NEGRA, A PARTIR DO SÉCULO XVI. ABORDARÁ A EMERGÊNCIA DAS FORMAÇÕES DAS CIVILIZAÇÕES AFRICANAS E TRÁFICO TRANSATLÂNTICO. AS PRESENÇAS CULTURAIS, SIMBÓLICAS, SOCIAIS E ECONÔMICAS DOS AFRICANOS ESTÃO PRESENTES NA FORMAÇÃO DO MUNDO CONTEMPORÂNEO. DESSA FORMA, PRETENDEMOS APRESENTAR UMA VISÃO PANORÂMICA DAS SOCIEDADES DAS NAÇÕES AFRICANAS ATUAIS, PROBLEMATIZANDO IMAGENS CRISTALIZADAS NO OCIDENTE, ALÉM DE RETOMAR AS LUTAS CONTRA A ESCRAVIDÃO PROTAGONIZADAS PELOS NEGROS. PRÁTICAS, DISCURSOS E SÍMBOLOS DO ATIVISMO ANTIRRACISTA NO BRASIL TAMBÉM SERÃO OBJETO DE ANÁLISE E DISCUSSÃO.

II - OBJETIVOS: CONSTRUIR COLETIVAMENTE UM REPERTÓRIO DE REFERÊNCIAS SOBRE HISTÓRICAS E CULTURAS AFRICANAS E AFROBRASILEIRA; ACESSAR OS PRINCIPAIS CONCEITOS RELATIVOS AOS PROCESSOS DE ETNICIDADE, RACISMO E ANTIRRACISMO;

III - CONTEÚDO: - HISTÓRIA DA ÁFRICA, DOS AFRICANOS E SEUS DESCENDENTES NO BRASIL E A LEI. - IMPÉRIOS, REINOS E CIVILIZAÇÕES AFRICANAS. A ÁFRICA FRENTE A EXPANSÃO EUROPEIA. - ESCRAVIDÃO, LUTAS PELA LIBERDADE NAS VISÕES DE ESCRAVIZADOS. TRÂNSITOS NO ATLÂNTICO NEGRO NOS

IV - METODOLOGIA: AULAS EXPOSITIVAS DIALÓGICAS PRESENCIAIS. VISUALIZAÇÃO DE CONTEÚDOS E CONCEITOS PRÉVIOS E APROFUNDAMENTO DOS TEMAS, UTILIZAÇÃO DE DOCUMENTAÇÃO ESCRITA, ICONOGRAFIAS E BIBLIOGRAFIA DE REFERÊNCIA, FILMES FICCIONAIS E DOCUMENTÁRIOS. ATIVIDADES INDIVIDUAIS E COLETIVAS DE LEITURA E INTERPRETAÇÃO REFLEXIVA DE TEXTOS, IMAGENS, MÚSICA E FILMES.

V - PÚBLICO ALVO: ASSISTENTE TÉCNICO DE EDUCAÇÃO I, ASSISTENTE DE DIRETOR DE ESCOLA, AUXILIAR TÉCNICO DE EDUCAÇÃO, COORDENADOR PEDAGÓGICO, DIRETOR DE ESCOLA, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I, PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO, SUPERVISOR ESCOLAR, POSL, SAAI, CIEJA, POIE, PAAI, PRP, SECRETÁRIO ACADÊMICO, POEI

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 30 HORAS

VII - CRONOGRAMA: O CURSO CONTARÁ COM CARGA HORÁRIA DE 30 HORAS, DIVIDIDAS EM 8 ENCONTROS, SENDO QUE OS 6 ENCONTROS INICIAIS TERÃO A DURAÇÃO DE 4 HORAS CADA, E OS DOIS (2) ÚLTIMOS ENCONTROS TERÃO A DURAÇÃO DE 3 HORAS. DATA: 30/04, 07/05, 14/05, 21/05, 04/06 E 11/06/2016, DAS 08H ÀS 12 H, 18/06 E 25/06/2016 DAS 08H ÀS 11H LOCAL: AUDITÓRIO DA DRE SÃO MATEUS. AVENIDA RAGUEB CHOFFI - 1550.

VIII - TOTAL DE VAGAS: 50 VAGAS VAGAS POR TURMA QUANTIDADE DE TURMAS: 1

IX - REGENTE: SALOMÃO JOVINO DA SILVA, RG 14.196.443.

X- CERTIFICAÇÃO: PARA FAZER JUS À CERTIFICAÇÃO, OS PARTICIPANTES DEVERÃO OBTER A PRESENÇA DE 100%, OBTER CONCEITO SATISFATÓRIO (S) E PARTICIPAR DAS ATIVIDADES PROPOSTAS DURANTE AS AULAS.

XI - INSCRIÇÕES: OS INTERESSADOS EM INSCREVER-SE NO CURSO DEVERÃO PREENCHER O FORMULÁRIO COM OS SEGUINTES DADOS: NOME COMPLETO; RF; VÍNCULO; RG; CPF; PADRÃO; HORÁRIO DE TRABALHO; CARGO E FUNÇÃO; UNIDADE DE EXERCÍCIO E UNIDADE DE LOTAÇÃO ATRAVÉS DO LINK http://bit.ly/1UH6KAM   A PARTIR DA DATA DE PUBLICAÇÃO.


XII- ÁREA PROMOTORA: SME/NTC/NÚCLEO DE EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL

CURSO A CONSOLIDAÇÃO DOS DIREITOS DE APRENDIZAGEM NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 30/04/2016 – PÁGINA 60
COMUNICADO Nº 14,DE 28/04/2016

O DIRETOR REGIONAL DE EDUCAÇÃO , NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, COMUNICA A REALIZAÇÃO DO CURSO A CONSOLIDAÇÃO DOS DIREITOS DE APRENDIZAGEM NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO, CONFORME ESPECIFICAÇÕES A SEGUIR: 

I - JUSTIFICATIVA: CONSIDERANDO O PROGRAMA DE REORIENTAÇÃO CURRICULAR MAIS EDUCAÇÃO SÃO PAULO, OS DOCUMENTOS PUBLICADOS PELA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - SME E O PERCURSO FORMATIVO REALIZADO NA RMESP DESDE 2013, O CURSO PROPÕE RETOMAR O DEBATE E A REFLEXÃO ACERCA DA CONSOLIDAÇÃO DOS DIREITOS DE APRENDIZAGEM NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO.

II - OBJETIVOS: PROMOVER ARTICULAÇÃO E PROBLEMATIZAÇÃO DA PRAXIS, POR MEIO DO DEBATE E DIÁLOGO, TENDO EM VISTA AS CARACTERÍSTICAS E DEMANDAS APRESENTADAS PELA REDE MUNICIPAL DE ENSINO; PROPORCIONAR O APRIMORAMENTO DO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM CONSIDERANDO OS DIREITOS DE APRENDIZAGEM DOS EDUCANDOS E EDUCANDAS NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO; GARANTIR A FORMAÇAO CONTINUADA E O DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE TODOS OS PROFESSORES EM REGÊNCIA ATRIBUÍDA NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO, POTENCIALIZANDO A FORMAÇÃO PROMOVIDA NO PNAIC-MEC ENTRE 2013-2015; ARTICULAR O DIÁLOGO ENTRE EDUCAÇÃO INFANTIL E O ENSINO FUNDAMENTAL CONSIDERANDO OS PRINCÍPIOS E CONCEPÇÕES DO CURRÍCULO INTEGRADOR E DA EDUCAÇAO INTEGRAL.

III - CONTEÚDO: CURRÍCULO INTEGRADOR: DIÁLOGO E ARTICULAÇÃO ENTRE A EDUCAÇAO INFANTIL E O CICLO DE ALFABETIZAÇÃO EDUCAÇÃO INTEGRAL ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO NA PERSPECTIVA INTERDISCIPLINAR ACOMPANHAMENTO DA APRENDIZAGEM E DOCUMENTAÇÃO PEDAGÓGICA

IV - METODOLOGIA: ESTRATÉGIAS FORMATIVAS DIVERSIFICADAS, VISANDO FAVORECER A PERMANENTE REFLEXÃO COM DIALOGICIDADE SOBRE AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS, SENDO PRIORIZADAS AS ATIVIDADES DE ESTUDO, DINÂMICAS DE GRUPO, PALESTRAS, SEMINÁRIOS, RELATOS E PROBLEMATIZAÇÕES DA PRÁTICA.

V - PÚBLICO ALVO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I (PEIF I), COORDENADOR PEDAGÓGICO, DIRETOR DE ESCOLA, ASSISTENTE DE DIRETOR, SUPERVISOR ESCOLAR, ASSISTENTE TÉCNICO DE EDUCAÇÃO I.

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 16 HORAS

VII - CRONOGRAMA:
TURMA 1 – MANHÃ – HORÁRIO: DAS 8:00 ÀS 12:00. LOCAL: EMEF RODRIGUES ALVES. DATA: 04/05; 11/05; 01/06; 08/06.
TURMA 2 – TARDE – HORÁRIO: DAS 13:30 ÀS 17:30. LOCAL: EMEF RODRIGUES ALVES. DATAS: 04/05; 11/05; 01/06; 08/06.
TURMA 3 – MANHÃ – HORÁRIO: DAS 8:00 ÀS 12:00. LOCAL: DIPED. DATAS: 04/05; 11/05; 01/06; 08/06.
TURMA 4 – TARDE – HORÁRIO: DAS 13:30 ÀS 17:30. LOCAL: DIPED. DATAS: 04/05; 11/05; 01/06; 08/06.
TURMA 5 – MANHÃ – HORÁRIO: DAS 8:00 ÀS 12:00. LOCAL: CEU JT/SALA UAB. DATAS: 05/05; 12/05; 02/06; 09/06.
TURMA 6 –TARDE – HORÁRIO: DAS 13:30 ÀS 17:30. LOCAL: CEU JT/SALA UAB. DATAS: 05/05; 12/05; 02/06; 09/06.
TURMA 7 –TARDE – HORÁRIO: DAS 13:30 ÀS 17:30. LOCAL: DIPED. DATAS: 06/05; 13/05; 03/06; 10/06.
TURMA 8 –MANHÃ – HORÁRIO: DAS 08:00 ÀS 12:00. LOCAL: EMEF RODRIGUES ALVES. DATAS: 15/06; 29/06; 27;07, 03/08.
TURMA 9 –TARDE – HORÁRIO: DAS 13:30 ÀS 17:30. LOCAL: EMEF RODRIGUES ALVES. DATAS: 15/06; 29/06; 27;07, 03/08.
TURMA 10 –MANHÃ – HORÁRIO: DAS 08:00 ÀS 12:00. LOCAL: DIPED. DATAS: 15/06; 29/06; 27/07, 03/08.
TURMA 11 –TARDE – HORÁRIO: DAS 13:00 ÀS 13:30. LOCAL: DIPED. DATAS: 15/06; 29/06; 27;07, 03/08,
TURMA 12 –MANHÃ – HORÁRIO: DAS 08:00 ÀS 12:00. LOCAL: CEU JT/SALA UAB. DATAS: 16/06; 30/06; 28/07, 04/08.
TURMA 13 –TARDE – HORÁRIO: DAS 13:30 ÀS 17:30. LOCAL: CEU JT/SALA UAB. DATAS: 16/06; 30/06; 28/07, 04/08.
TURMA 14 –TARDE – HORÁRIO: DAS 13:30 ÀS 17:30. LOCAL: DIPED. DATAS: 17/06; 01/07; 29/07, 05/08.

VIII - TOTAL DE VAGAS: 40 VAGAS POR TURMA QUANTIDADE DE TURMAS: 14

IX - REGENTES: GLAUCIA HELENA DE SOUZA PINTO - RF: 684.935-1 ANA CLAUDIA DOS ANJOS PINHEIRO – RF: 722.566-1 IARA GONÇALVES DE AGUIAR – RF: 723.734-1 JULIANA NAGAHAMA – RF: 723.738-3 PATRICIA MARIA DO NASCIMENTO FREITAS – RF: 772.295-8 NATALIA THIMOTHEO LOURENCAO – RF: 793.867-5 CAMILACRISTINA ARANTES RIBEIRO – RF: 819.911.6

X-CERTIFICAÇÃO: TERÃO DIREITO À CERTIFICAÇÃO OS PARTICIPANTES QUE OBTIVEREM CONCEITO SATISFATÓRIO (S) E 100% DE FREQUÊNCIA

XI - INSCRIÇÕES: AS INSCRIÇOES DEVEM SER REALIZADAS ATRAVÉS DO LINKS ABAIXO, A PARTIR DO DIA 29/04/2016 ATÉ DIA 03/05/2016.


XII-ÁREA PROMOTORA: DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO JAÇANÃ/TREMEMBÉ / DIVISÃO PEDAGÓGICA – DIPED OBSERVAÇÕES: FICA AUTORIZADA A DISPENSA DE PONTO DAS HORAS COINCIDENTES COM AS DO EVENTO, RESGUARDADO O TEMPO PARA LOCOMOÇÃO, DOS SUPERVISORES ESCOLARES, DIRETORES DE ESCOLA, COORDENADORES PEDAGÓGICOS, ASSISTENTES TÉCNICOS EDUCACIONAIS I, E PROFESSORES DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I EM REGÊNCIA DE CLASSE NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO, PARA MINISTRAR OU PARTICIPAR DO CURSO “A CONSOLIDAÇÃO DOS DIREITOS DE APRENDIZAGEM NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO”, CONFORME ORGANIZAÇÃO DE CADA DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO, PRESERVADA A CONTINUIDADE DO TRABALHO PEDAGÓGICO CONFORME PORTARIA Nº 2.714, DE 30 DE MARÇO DE 2016.

CURSO O RACISMO E A QUALIDADE SOCIAL DA EDUCAÇÃO

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 30/04/2016 – PÁGINA 61
COMUNICADO Nº 30, DE 26 DE ABRIL DE 2016.

A DIRETORA REGIONAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, COMUNICA A REALIZAÇÃO DO CURSO O RACISMO E A QUALIDADE SOCIAL DA EDUCAÇÃO, CONFORME ESPECIFICAÇÕES A SEGUIR:

I - JUSTIFICATIVA: APÓS A PUBLICAÇÃO DAS LEIS 10.639|03 E 11.645/08 AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS VÊM SENDO MAPEADAS POR ÓRGÃOS E ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS PARA REVELAR QUAL O IMPACTO DA INCLUSÃO DO ESTUDO DA HISTÓRIA E CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA E CULTURA INDÍ- GENA NOS CURRÍCULOS ESCOLARES. ESTE LEVANTAMENTO DE EXPERIÊNCIAS CONSTATA QUE AS AÇÕES COMUMENTE DESENVOLVIDAS ESTÃO RELACIONADAS A DATAS ESPECÍ- FICAS DO CALENDÁRIO ESCOLAR E NÃO SE CONSTITUEM UM REAL TRABALHO COM AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS DE FORMA COLETIVA E TRANSDISCIPLINAR, ESTANDO SUA PRÁTICA, RESTRITA A ALGUMAS INICIATIVAS INDIVIDUAIS NO ÂMBITO DAS UNIDADES ESCOLARES. REVELA-SE , AINDA QUE AS AÇÕES PLANEJADAS, EM SUA MAIORIA, FICAM RESTRITAS A ALGUMAS MANIFESTAÇÕES CULTURAIS AFRICANAS E AFRO-BRASILEIRAS. PROPONHO ESTE CURSO, COM BASE NOS DOCUMENTOS PRODUZIDOS PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, EM ESPECIAL AO CONTIDO NO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO EM SÃO PAULO QUE PROPÕE A REVISÃO E ATUALIZAÇÃO DOS CURRÍCULOS ESCOLARES.

II - OBJETIVOS: - DISCUTIR CONCEITOS E EXPRESSÕES DO RACISMO INSTITUCIONAL; - CONSTRUIR PAUTAS DE OBSERVAÇÃO DE PRÁTICAS EXCLUDENTES NO UNIVERSO ESCOLAR - PLANEJAR COLETIVAMENTE AÇÕES AFIRMATIVAS PARA A IGUALDADE RACIAL E DE GÊNERO

III - CONTEÚDO: ANÁLISE DAS ORIENTAÇÕES CURRICULARES E EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA AS RELAÇÕES ÉTNICORRACIAIS; CONCEITOS E EXPRESSÕES DO RACISMO INSTITUCIONAL; O RACISMO QUE VEM DO BERÇO; CONSTRUÇÃO DE PAUTAS DE OBSERVAÇÃO DE PRÁTICAS EXCLUDENTES NO UNIVERSO ESCOLAR; PLANEJAMENTO COLETIVO DE AÇÕES AFIRMATIVAS PARA A IGUALDADE RACIAL E DE GÊNERO, PRÁTICAS EXITOSAS NOS CEIS, EMEIS E EMEF DE COMBATE AO RACISMO E A DESCONSTRUÇÃO DE ESTEREÓTIPOS.

IV - METODOLOGIA: AULA EXPOSITIVA, ANÁLISE DE TEXTOS E IMAGENS, USO DE RECURSOS AUDIOVISUAIS, FÓRUNS DE DISCUSSÃO, DINÂ- MICAS E REGISTRO DOS RESULTADOS.

V - PÚBLICO ALVO: AGENTE ESCOLAR, ASSISTENTE DE DIRETOR DE ESCOLA, AUXILIAR TÉCNICO DE EDUCAÇÃO, COORDENADOR PEDAGÓGICO, DIRETOR DE ESCOLA, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I, PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO, SUPERVISOR ESCOLAR

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 20 HORAS

VII - CRONOGRAMA: DIAS: 29/04, 06/05, 13/05, 20/05 E 27/05/2016 HORÁRIO: DAS 19H ÀS 23H LOCAL: EMEI GUIA LOPES - AVENIDA PROFESSOR CELESTINO BOURROUL, 358 – BAIRRO DO LIMÃO

VIII - TOTAL DE VAGAS: 50 VAGAS VAGAS

IX - REGENTES: CIBELE ARAUJO RACY MARIA

X- CERTIFICAÇÃO: SERÃO CONFERIDOS CERTIFICADOS AOS PARTICIPANTES QUE OBTIVEREM FREQUÊNCIA DE 100% (PARTICIPAÇÃO DA AULA PRESENCIAL) E APROVEITAMENTO SATISFATÓRIO (“S”) DE ACORDO COM O PROCESSO DE AVALIAÇÃO. OBS: POR SER UM CURSO OPTATIVO, A PARTICIPAÇÃO NO CURSO NÃO PREVÊ A DISPENSA DE PONTO DO FUNCIONÁRIO.

XI - INSCRIÇÕES: INSCRIÇÃO DIA 28/04/2016 NO LOCAL DO CURSO


XII- ÁREA PROMOTORA: DIPED DRE FREGUESIA/BRASILÂNDIA

CURSO CONTRIBUIÇÕES PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR NO SÉCULO XXI

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 30/04/2016 – PÁGINA 62
COMUNICADO Nº 024, DE 28 DE MARÇO DE 2016

O DIRETOR REGIONAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, COMUNICA A REALIZAÇÃO DO CURSO CONTRIBUIÇÕES PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR NO SÉCULO XXI - DO JOGO PARA O ESPORTE – UMA METODOLOGIA DE PROJETOS, MOTIVAÇÃO E INCLUSÃO DE TODOS, CONFORME ESPECIFICAÇÕES A SEGUIR:

 I - JUSTIFICATIVA: CONTRIBUIÇÕES PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR NO SÉCULO XXI - DO JOGO PARA O ESPORTE – UMA METODOLOGIA DE PROJETOS, MOTIVAÇÃO E INCLUSÃO DE TODOS, OFERECIDO PELO INSTITUTO ESPORTE E EDUCAÇÃO TEM COMO PRINCIPAL FOCO ATENDER AS DEMANDAS EDUCACIONAIS DO SÉCULO XXI, COM AS CONSTANTES E RÁPIDAS MUDANÇAS SOCIAIS E CULTURAIS, NECESSIDADE E DESEJOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES. ASSIM, TEM A INTENÇÃO DE CONTRIBUIR PARA A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA, COM REFLEXÕES E ENTENDIMENTO DE SUAS TEORIAS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NORTEADAS PELOS PRINCÍPIOS: INCLUSÃO, EDUCAÇÃO INTEGRAL, CONSTRUÇÃO COLETIVA, DIVERSIDADE E AUTONOMIA. O CURSO ESTÁ ORGANIZADO EM 16 HORAS E SE ARTICULARÁ COM OUTROS CURSOS OFERECIDOS PELO INSTITUTO PARA AMPLIAR AS POSSIBILIDADES, FERRAMENTAS E CONHECIMENTOS PARA ATUAR NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR DE FORMA MAIS QUALIFICADA E ALCANÇAR SEUS OBJETIVOS EDUCACIONAIS. O INSTITUTO ESPORTE E EDUCAÇÃO TEM UMA EXPERIÊNCIA DE MAIS DE 14 ANOS EM FORMAÇÃO DE PROFESSORES, ATENDENDO NESTES ANOS MAIS DE 26.987 PROFESSORES DA REDE PÚBLICA DE ENSINO DE 215 MUNICÍPIOS E DE 23 ESTADOS.

II - OBJETIVOS: - DISCUTIR, REFLETIR E OFERECER DIFERENTES INSTRUMENTOS DIDÁTICOS E METODOLÓGICOS; - AMPLIAR A VISÃO SOBRE AS POSSIBILIDADES DO ESPORTE E JOGOS EDUCACIONAIS NA ESCOLA; - DISCUTIR, REFLETIR E OFERECER UMA METODOLOGIA DE PLANEJAMENTO POR PROJETOS PARA TODOS; - CONSTRUIR MATERIAIS PEDAGÓGICOS ALTERNATIVOS PARA O ENSINO

III - CONTEÚDO: DO JOGO PARA O ESPORTE – UMA METODOLOGIA PARA INCLUSÃO DE TODOS: - METODOLOGIA DE ENSINO DE ESPORTE PARA TODOS. - CONSTRUÇÃO DE JOGOS, REGRAS E GESTOS - AVALIAÇÃO DA EVOLUÇÃO DE APRENDIZAGEM METODOLOGIA DE PROJETOS NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR – MOTIVANDO OS ALUNOS: - ESTRATÉGIAS DE MOTIVAÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA - OBJETIVOS DA EDUCAÇÃO NACIONAL E POSSIBILIDADES DA EDUCAÇÃO FÍSICA - METODOLOGIA DE PROJETOS: ESTRUTURA E CONSTRUÇÃO DE PROJETOS PEDAGÓGICOS

IV - METODOLOGIA: O INSTITUTO ESPORTE E EDUCAÇÃO DESENVOLVEU AO LONGO DE MAIS DE UMA DÉCADA METODOLOGIA E EXPERTISE NO ENSINO DOS CONTEÚDOS DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E TAMBÉM NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES, COM OS CURSOS REALIZADOS EM TODAS AS REGIÕES DO PAÍS, MOBILIZANDO APRENDIZAGENS DE CONTEÚDOS RELACIONADOS À SAÚDE, CIDADANIA, ESPORTES, LUTAS, DANÇAS, GINÁSTICAS, JOGOS, CULTURA, COMUNIDADE E PROTAGONISMO JUVENIL, CONTRIBUINDO PARA A INSERÇÃO SOCIAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES, COMO INDIVÍDUOS QUE COMPARTILHAM DECISÕES QUE AFETAM A SUA VIDA E DA COMUNIDADE. O CURSO SERÁ DESENVOLVIDO COM AULAS PRESENCIAIS (16 HORAS) COM MOMENTOS EXPOSITIVOS, DISCUSSÕES EM GRUPO, DEBATES, DINÂMICAS E SOLUÇÃO DE PROBLEMAS. TAMBÉM, COM PARTE DA FORMAÇÃO À DISTÂNCIA COM A ELABORAÇÃO DE UM PRODUTO DO CURSO, QUE SERÁ CONSTRUÍDO POSTERIORMENTE E ENVIADO PARA OS FORMADORES DO INSTITUTO ESPORTE E EDUCAÇÃO, ONDE A EQUIPE RESPONSÁVEL DE COORDENAÇÃO REALIZARÁ UMA AVALIAÇÃO E RETORNO DO MATERIAL, COM OBSERVAÇÕES. ELABORAR UM PROJETO RELACIONADO A UM TEMA DA EDUCAÇÃO FÍSICA, COM OS ITENS TEMA E PROBLEMA, JUSTIFICATIVA, EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM, ÍNDICE DE AÇÕES, FORMAS DE REGISTRO, PRODUTO FINAL E AVALIAÇÃO.

V - PÚBLICO ALVO: COORDENADOR DE ESPORTES E LAZER, COORDENADOR PEDAGÓGICO, ANALISTA DE INFORMAÇÃO CULTURAIS E DESPORTIVAS – EDUCAÇÃO FÍSICA, PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 16 HORAS

VII - CRONOGRAMA: CRONOGRAMA EM MAIO: 16 E 18/05/2016 DAS 19H ÀS 23H CRONOGRAMA JUNHO: 07/06/2016 E 09/06/2016 DAS 19H ÀS 23H. LOCAL: DOIS ANDARES/INSTITUTO ESPORTE E EDUCAÇÃO RUA PROFº SANTIAGO DANTAS, Nº72 - CEP 05690-010 – SÃO PAULO - SP

VIII - TOTAL DE VAGAS: 30 VAGAS VAGAS POR TURMA QUANTIDADE DE TURMAS: 1

IX - REGENTES: AMBLETO ARDIGÓ, CAIO MARTINS COSTA, FABIO D'ANGELO, ADRIANO JOSÉ ROSSETTO JUNIOR

X- CERTIFICAÇÃO: MEDIANTE 80 % DE FREQUÊNCIA E CONCEITO SATISFATÓRIO (S) OU PLENAMENTE SATISFATÓRIO NO TRABALHO REALIZADO A DISTÂNCIA

XI - INSCRIÇÕES: DE 02/05/2016 A 06/05/2016 ATRAVÉS DO LINK


XII- ÁREA PROMOTORA: DRE CAMPO LIMPO EM PARCERIA COM O IEE - INSTITUTO ESPORTE E EDUCAÇÃO

CURSO INTRODUÇÃO A MUSICALIZAÇÃO ATRAVÉS DO CANTO E DA CONSTRUÇÃO DE OBJETOS SONOROS

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 30/04/2016 – PÁGINA 62
COMUNICADO Nº 50, DE 27 DE ABRIL DE 2016.

 O DIRETOR REGIONAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, COMUNICA A REALIZAÇÃO DO CURSO INTRODUÇÃO A MUSICALIZAÇÃO ATRAVÉS DO CANTO E DA CONSTRUÇÃO DE OBJETOS SONOROS, CONFORME ESPECIFICAÇÕES A SEGUIR:

I - JUSTIFICATIVA: CONSIDERAMOS QUE A LINGUAGEM MUSICAL PRECISA SER EXPLORADA NAS UNIDADES DE EDUCAÇÃO INFANTIL E QUE POSSA PROPORCIONAR AOS BEBÊS E CRIANÇAS O CONHECIMENTO DE CANTIGAS E MUSICAS DA CULTURA POPULAR BRASILEIRA BEM COMO O PRAZER DE DESCOBRIR E INVENTAR NOVOS SONS POR MEIO DA EXPLORAÇÃO E PESQUISA A PARTIR DE OBJETOS DO COTIDIANO. A FIM DE GARANTIR QUE ESSA LINGUAGEM ESTEJA CONTEMPLADA NO PLANEJAMENTO DA EDUCAÇAO INFANTIL PROPOMOS O PRESENTE CURSO, ESPERAR-SE QUE OS DOCENTES POSSAM ALÉM DE AMPLIAR SEU REPERTÓRIO A RESPEITO DE CANTIGAS E BRINCADEIRAS CANTADAS, CONSIGAM OFERECER AOS BEBÊS E AS CRIANÇAS EXPERIÊNCIAS ONDE ESSAS POSSAM EXPLORAR E VIVENCIAR A MUSICA A PARTIR DA EXPLORAÇÃO DOS SONS ADVINDOS TANTO DE OBJETOS SONOROS COM UTILIZAÇÃO DE MATERIAIS NÃO ESTRUTURADOS.

II - OBJETIVOS: •AMPLIAR O REPERTÓRIO MUSICAL DO PARTICIPANTE ATRAVÉS DO CONTATO COM DIVERSOS GÊNEROS E ESTILOS MUSICAIS (POPULAR E FOLCLÓRICO) •DESENVOLVER TRABALHOS INTEGRADOS COM OUTRAS ÁREAS E LINGUAGENS •COMPREENDER A MUSICALIDADE QUE ENVOLVE AS CRIANÇAS BEM PEQUENAS •AMPLIAÇÃO DAS POSSIBILIDADES LÚDICAS COM OS SONS E OUTRAS BRINCADEIRAS •EXPLORAR AS DIVERSAS MANIFESTAÇÕES E FORMAS DE APRESENTAÇÃO DA MÚSICA •REINVENTAR E RECRIAR SONS DE MANEIRA NÃO FORMAL, ABRINDO UM LEQUE DE ATIVIDADES QUE VÃO DESDE A MUSICALIZAÇÃO.

III - CONTEÚDO: •ELABORAÇAO E CONSTRUÇÃO DE BRINQUEDOS SONOROS •PRÁTICA DE IMPROVISAÇÃO •REPERTÓRIO POPULAR E FOLCLÓRICO CANTIGAS POPULARES .

IV - METODOLOGIA: EM CADA ENCONTRO IREMOS PARTIR DO CONHECIMENTO DO INDIVIDUO ACERCA DO TEMA E AMPLIA-LOS ATRAVÉS DE OBSERVAÇÕES, DESCOBERTAS TENDO COMO RECURSOS ÀS DIVERSAS FORMAS DE EXPRESSÃO, ATIVIDADES CORPORAIS, PESQUISAS SONORAS, REGISTROS E IMAGENS GRAVADAS E ATIVIDADES INTEGRADAS. A LINGUAGEM MUSICAL SERA ABORDADA A PARTIR DO DESENVOLVIMENTO DOS ARRANJOS MUSICAIS PARA CADA FAIXA ETARIA E CONSTRUÇÃO DE OBJETOS E BRINQUEDOS SONOROS. A CONSTRUÇAO DE OBJETOS E BRINQUEDOS SONOROS SERÁ DESENVOLVIDO ATRAVÉS OBSERVAÇÕES, DESCOBERTAS TENDO COMO RECURSOS ÀS DIVERSAS FORMAS DE EXPRESSÃO, ATIVIDADES CORPORAIS, PESQUISAS SONORAS, REGISTROS E IMAGENS GRAVADAS E ATIVIDADES PLÁSTICAS.

V - PÚBLICO ALVO: COORDENADOR PEDAGÓGICO, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL QUE ESTEJA ATUANDO NA EDUCAÇÃO INFANTIL (CEMEI/EMEI). EM EXERCÍCIO NA DRE CAMPO LIMPO

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 12 HORAS

VII - CRONOGRAMA: CRONOGRAMA: 13,16 E 20/05/2016 HORÁRIO: 8H ÀS 12H LOCAL DE REALIZAÇÃO: DRE CAMPO LIMPO. AV. JOÃO DIAS, 3763. JD SANTO ANTONIO

VIII - TOTAL DE VAGAS: 50 VAGAS VAGAS

IX - REGENTES: DAISY ALVES FRAGOSO FALCÃO E ROSANA TONHOLI MASSUELA

X- CERTIFICAÇÃO: FARÃO JUS A CERTIFICAÇÃO OS CURSITAS QUE OBTIVEREM 100 % DE FREQUÊNCIA E CONCEITO SATISFATÓRIO (S)

XI - INSCRIÇÕES: INSCRIÇÕES PELO LINK: http://goo.gl/forms/KA1cW4MROk  INÍCIO DAS INSCRIÇÕES: PARTIR DAS 9H DO DIA 11/05/2016


XII- ÁREA PROMOTORA: DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO - CAMPO LIMPO

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Curso EAD CULTURA MAKER - MODULO II GAMIFICAÇÃO

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 29/04/2016 – PÁGINA 69
COMUNICADO Nº 523, DE 28 DE ABRIL DE 2016.

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe representou a Coordenadora da COPED/ NTC / Núcleo de Tecnologias para a Aprendizagem, COMUNICA a realização do Curso EAD CULTURA MAKER - MODULO II GAMIFICAÇÃO, conforme especificações a seguir:

I - JUSTIFICATIVA: Nos últimos anos a Gamificação tem mostrado potencial significado para a educação, pois permite criar percursos pedagógicos em diferentes espaços, com o uso ou não de diferentes recursos e aplicativos, sendo intrínseco seu caráter interdisciplinar. A Gamificação permite trabalhar não somente com games como objetos de aprendizagem, mas nos proporciona a possibilidade de perceber o território dos espaços escolares com um olhar investigativo, a partir de estratégias que convidam a imersão, ao engajamento com práticas que tem como pressuposto a colaboração. É um recurso que traz elementos da cultura infanto juvenil e permite ao professor uma relação de ensino e aprendizagem próxima de seu aluno, ao propor outras lógicas na participação ativa como autor e protagonista desse aluno na construção do conhecimento.

II - OBJETIVOS: Apropriar-se dos elementos constituintes da Gamificação como estratégia pedagógica para ressignificar processos formativos.

III - CONTEÚDO: a) Gamificação como estratégia; b) Elementos da gamificação; c) Gamificação e educação; d) Gamificação e cultura maker.

IV - METODOLOGIA: Presencial: - Dinâmica de grupo – Estratégias de Gamificação (turmas divididas em 10 salas), com 4(quatro) grupos de 10 pessoas. - `Palestra A Distância - Divididos em 36 turmas, em conformidade com cada DRE, serão disponibilizados conteúdos pertinentes a temática e uma tarefa com uma proposta de resolução de problemas (PBL – PROBLEM-BASID LEARNING).

V - PÚBLICO ALVO: Professores, na função de Professores Orientadores de Informática Educativa e um Professor de Itinerário Formativo de cada CIEJA. Aos participantes será assegurado a dispensa de ponto nos termos da PORTARIA Nº 3.269, de 28 de abril de 2016.

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 20 horas, sendo 05 horas presenciais e 15 horas a distância.

VII - CRONOGRAMA: Encontro presencial - O Professor deverá se inscrever em uma única turma correspondente ao seu horário de trabalho do dia, conforme segue: TURMA I: 09/05/2016 – 09h00 às 14h00 TURMA II: 10/05/2016 – 13h00 às 18h00 LOCAL: UNINOVE - UNIDADE MEMORIAL /Barra Funda ENDEREÇO: Rua Dr. Adolfo Pinto, 109, Barra Funda – São Paulo AMBIENTE VIRTUAL - realização de atividades de aprendizagem da SME, acessado pelo endereço: http://coresso.sme. prefeitura.sp.gov.br DURAÇÃO DO CURSO: a) TURMA I: 09/05 a 27/06/2016 b) TURMA II: 10/05 a 27/06/2016

VIII - TOTAL DE VAGAS: 25 Vagas por turma Quantidade de turmas: 36

IX - REGENTES: Regina Celia Fortuna Broti Gavassa - RF 668633-8 Gislaine Batista Munhoz - RF 668362-2 Isabela Silveira Machado - RF 772294-8 Silvio Luis Caetano - RF 660479-0 Luci Ferraz - RG. 13.818014-3 Paula Carolei - RG. 19566477-2 DRE BUTANTÃ André de Freitas Dutra R.F. 722.479.6/1 DRE CAMPO LIMPO Cristina Barroco Massei Fernandes RF. 606.2130 /2 DRE CAPELA DO SOCORRO Maria Teresa Fueyo RF: 592.915.6-2 DRE FREGUESIA/BRASILÂNDIA Maria Izilda Almeida Borges – RF 639.489.2/2 Eleonora Cordeiro Mattoso RF. 793.023.2/1 DRE GUAIANASES Marcelo Martins – RF 689.062.8/2 - DRE IPIRANGA Kelley Carvalho Monteiro de Oliveira – RF 600.212.9/2 Tania Tadeu – RF 577.152-8/2 DRE ITAQUERA. Dionel da Costa Junior RF 724.151.8/2 DRE JAÇANÃ/TREMEMBÉ Kleber Willian Alves da Silva RF 774.698.9/1 DRE PENHA Robson Leite RF. RF. 802.042.6/1 DRE PIRITUBA/JARAGUÁ Marcia Duarte Carvalho - RF 800.536.2/1 DRE SANTO AMARO Claudia Gonçalves da Silva RF 7767951/1 Viviane Aparecida Alves do Nascimento RF 727.723.7/1 DRE SÃO MATEUS Maria Angelina Bianco Guerra RF. 675.486.4/1 DRE SÃO MIGUEL Elaine Bernardo de Oliveira Queirós RF 562.084.8/2 Pedro Roberto da Fonseca Satiro RF. 7827474/2 –

X- CERTIFICAÇÃO: Frequência de 100% e entrega de atividade no ambiente virtual de aprendizagem com aproveitamento satisfatório (S), mínimo para Certificação.

XI - INSCRIÇÕES: INSCRIÇÕES: de 29/04 a 05/05/2016 no LINK http://bit.ly/1qctvgs   


XII- ÁREA PROMOTORA: SME/COPED/NTC/Núcleo Tecnologias para a Aprendizagem

CURSO SABERES QUE SE VIVENCIAM: DESCONSTRUINDO A INFERIORIDADE INTELECTUAL DE AFRICANOS E SEUS DESCENDENTES

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 29/04/2016 – PÁGINA 69
COMUNICADO Nº 529,DE 25 DE ABRIL DE 2016

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, CONFORME O QUE LHE REPRESENTOU O DIRETOR DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL, COMUNICA A REALIZAÇÃO DO CURSO SABERES QUE SE VIVENCIAM: DESCONSTRUINDO A INFERIORIDADE INTELECTUAL DE AFRICANOS E SEUS DESCENDENTES, CONFORME ESPECIFICAÇÕES A SEGUIR:

I - JUSTIFICATIVA: NO SÉCULO XVIII, O ILUMINISMO SOBREVALORIZOU A RAZÃO, ELEGENDO-A COMO FORÇA MOTRIZ DO PROGRESSO ESPIRITUAL. POVOS AFRICANOS, QUE NÃO SEPARAM RAZÃO E EMOÇÃO, FORAM CONSIDERADOS INFERIORES E ESTIGMATIZADOS, POR CONCEBEREM E VIVEREM O MUNDO COMO UM TODO ORGÂNICO, DO QUAL SÃO PARTE, COMPARTILHANDO VIVÊNCIAS COM MUNDOS NATURAL E SOBRENATURAL, SENTIDAS E EXPERIMENTADAS EM SEUS CORPOS. É PREMENTE RECONHECER COMO “OUTROS SABERES” QUE POVOS AFRICANOS TRANSMITEM/ADQUIREM DE FORMA VIVENCIAL, PRESENTES EM EXPRESSÕES VERBAIS-CORPORAIS PRODUTORAS/TRANSMISSORAS DE TAIS SABERES, A SABER: FESTAS E CELEBRAÇÕES; BRINCADEIRAS E JOGOS; CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS; PRODUÇÕES LITERO-MUSICAIS; ARTES DO CORPO; ARTES DRAMÁTICAS; ARTES VISUAIS, ENTRE OUTROS, VISTO QUE TANTO COMO PREVISTO NA LEI 10.639/03, COMO NO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO SÃO PAULO, É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA A DIFUSÃO E O CONHECIMENTO DA HISTÓRIA E CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA, COMO FORMA DE FORTALECIMENTO DAS IDENTIDADES DE EDUCADORES E ESTUDANTES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO.

II - OBJETIVOS: - CONTEXTUALIZAR A CONSTRUÇÃO HISTÓRICA DA INFERIORIZAÇÃO INTELECTUAL DE POVOS AFRICANOS E AFRODIASPÓRICOS; - REFLETIR SOBRE “OS CONTRIBUTOS DO HOMEM NEGRO”, COMO A ATITUDE RÍTMICA E AS MANIFESTAÇÕES CULTURAIS NEGRAS DEPOSITÁRIAS DE SABERES AFRICANOS E A

III - CONTEÚDO: AULA 01: APRESENTAÇÃO DO CURSO; DEFINIÇÃO DOS TERMOS: SABERES; CULTURA; NATUREZA; RAZÃO; EMOÇÃO; INTELECTO. AULA 02: ABORDAGEM DOS VALORES CIVILIZATÓRIOS AFRICANOS (ORALIDADE, LUDICIDADE, ANCESTRALIDADE, CIRCULARIDADE, RELIGIOSIDADE) E OS VALORES DA COSMOVISÃO AFRICANA. CONTEXTUALIZAR A RELAÇÃO ENTRE RACIONALISMO ILUMINISTA E A NATURALIZAÇÃO DA INFERIORIDADE DOS NEGROS ATÉ OS DIAS DE HOJE PELA VIA DE MÃO DUPLA RACISMO-CAPITALISMO. AULA 03: MANIFESTAÇÕES CULTURAIS NEGRAS CONHECIDAS (SAMBA, CAPOEIRA, JONGO, MARACATU), TECENDO RELAÇÃO ENTRE TAIS MANIFESTAÇÕES E AS FORMAS DE SER E ESTAR NO MUNDO DE POVOS DA ÁFRICA SUBSAARIANA E SUAS CONTINUIDADES NAS AMÉRICAS E NO BRASIL. AULA 04: RACISMO & CURRÍCULO: RELACIONAR AS DISCUSSÕES QUE PROBLEMATIZAM A AUSÊNCIA DAS CONTRIBUIÇÕES NEGRAS E AFRO-AMERÍNDIAS NA PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO RECONHECIDA PELO MUNDO OCIDENTAL COM A DISCUSSÃO DE CONSTRUÇÃO DE CURRÍCULO CRÍTICO NO BRASIL; A TRADIÇÃO QUE SE RENOVA: MOVIMENTOS MUSICAIS E COMPORTAMENTAIS DEFLAGRADOS EM DIFERENTES MOMENTOS DO SÉCULO XX REVITALIZADORES DE MODOS DE SER E VIVER AFRICANOS/DIASPÓRICOS. AULA 05: MANIFESTAÇÕES CULTURAIS DEPOSITÁRIAS DE SABERES AFRICANOS QUE DEVEM SER VIVENCIADOS OU PEDAGOGIAS PERFORMÁTICAS NO BRASIL: QUAIS SÃO, ONDE ESTÃO, QUE SABERES COMPREENDEM. FESTAS E CELEBRA- ÇÕES (RELIGIOSAS OU PROFANAS, EM TERMOS OCIDENTAIS); BRINCADEIRAS E JOGOS; CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS; PRODUÇÕES LÍTERO-MUSICAIS; ARTES DO CORPO; ARTES DRAMÁTICAS; ARTES VISUAIS, ENTRE OUTROS. ELABORAÇÃO DE ESBOÇO DE PLANO PEDAGÓGICO BIMESTRAL PARA INCLUSÃO DA PERSPECTIVA DESSE CURSO NO SEU CICLO/DISCIPLINA.

IV - METODOLOGIA: AS AULAS ORGANIZAR-SE-ÃO COM EXPOSIÇÃO DIALOGADA DOS CONTEÚDOS, LEITURA COMPARTILHADA DE EXCERTOS DOS TEXTOS DA BIBLIOGRAFIA BÁSICA, UTILIZAÇÃO DE RECURSOS AUDIOVISUAIS, SOBRETUDO FILMES E CANÇÕES, REFLEXÃO E ANÁLISE DE MATERIAL DIDÁTICO E PLANEJAMENTO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS.

V - PÚBLICO ALVO: ASSISTENTE TÉCNICO DE EDUCAÇÃO I, AUXILIAR TÉCNICO DE EDUCAÇÃO, COORDENADOR DE AÇÃO CULTURAL / EDUCACIONAL, COORDENADOR DE ESPORTES E LAZER, COORDENADOR PEDAGÓGICO, DIRETOR DE ESCOLA, GESTOR - CEU, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I, PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO, SUPERVISOR ESCOLAR

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 20 HORAS

VII - CRONOGRAMA: TURMA A: 29/04; 06/05; 13/05; 20/05; 03/06/2016 - DAS 18H30 ÀS 22H30 TURMA B: 10/06; 17/06; 24/06; 01/07; 08/07/2016 - DAS 18H30 ÀS 21H30 LOCAL DE REALIZAÇÃO: DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO MATEUS - AVENIDA RAGUEB CHOFFI, 1550 JARDIM TRÊS MARIAS - SÃO PAULO - SP

VIII - TOTAL DE VAGAS: 50 VAGAS POR TURMA. AS VAGAS SÃO PRIORITARIAMENTE PARA PROFISSIONAIS EM EXERCÍCIO NA DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO MATEUS, HAVENDO VAGAS REMANESCENTES, ELAS SERÃO DISTRIBUÍDAS PARA PROFISSIONAIS DE OUTRAS DRES, OBEDECENDO À ORDEM DE CHEGADA AS INSCRIÇÕES. QUANTIDADE DE TURMAS: 2

IX - REGENTE: LILIANE PEREIRA BRAGA

X - CERTIFICAÇÃO: FARÃO JUS À CERTIFICAÇÃO OS PARTICIPANTES QUE OBTIVEREM FREQUÊNCIA DE 100% NOS ENCONTROS PRESENCIAIS DO CURSO, ASSIM COMO, REALIZAREM TODAS AS ATIVIDADES PROPOSTAS DURANTE O CURSO.

XI - INSCRIÇÕES: OS INTERESSADOS EM INSCREVER-SE NO CURSO DEVERÃO PREENCHER O FORMULÁRIO COM OS SEGUINTES DADOS: NOME COMPLETO; RF; VÍNCULO; RG; CPF; PADRÃO; HORÁRIO DE TRABALHO; CARGO E FUNÇÃO; UNIDADE DE EXERCÍCIO E UNIDADE DE LOTAÇÃO, A PARTIR DA DATA DE PUBLICAÇÃO DESTE COMUNICADO, DISPONÍVEL NO LINK: http://bit.ly/1ZtOhHi  


XII - ÁREA PROMOTORA: SME/COPED/NTC/NÚCLEO DE EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL EM PARCERIA COM A DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO - SÃO MATEUS.

CURSO DESVELAR O CORPO NA EDUCAÇÃO

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 29/04/2016 – PÁGINA 70
COMUNICADO Nº 32, DE 27 DE ABRIL DE 2016.

A DIRETORA REGIONAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, COMUNICA A REALIZAÇÃO DO CURSO DESVELAR O CORPO NA EDUCAÇÃO, CONFORME ESPECIFICAÇÕES A SEGUIR:

I - JUSTIFICATIVA: TENDO EM VISTA A DICOTOMIA MENTE/CORPO QUE SE APRESENTA NAS PRÁTICAS INSTITUCIONAIS ESCOLARES, HISTORICAMENTE PRODUZIDA POR UMA TRADIÇÃO QUE PERCEBE O CORPO COMO INFERIOR E SUBORDINADO À RACIONALIDADE, ESTES ENCONTROS BUSCAM SUPERAR ESTE PARADIGMA. A PARTIR DA COMPREENSÃO DO CORPO ENQUANTO MEDIADOR ENTRE AS PESSOAS E O MUNDO E, PORTANTO, ELEMENTO FUNDAMENTAL À APRENDIZAGEM E À FORMAÇÃO ENQUANTO CIDADÃOS, PERCEBE-SE A NECESSIDADE DE PROMOVER ESPAÇOS DE REFLEXÃO COM A EQUIPE DE EDUCADORES A FIM DE AMPLIAR AS POSSIBILIDADES DE ATUAÇÃO DESTES PROFISSIONAIS CONTRA A MANUTENÇÃO DE PRÁTICAS QUE NEGLIGENCIAM O USO DO CORPO NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM. LEMBRANDO QUE O CORPO PODE E DEVE SER TRABALHADO EM DIFERENTES ESPAÇOS E POR DIFERENTES PROFISSIONAIS.

II - OBJETIVOS: 1. APRESENTAR A DICOTOMIA MENTE-CORPO NO CONTEXTO ESCOLAR ENQUANTO FORMA DE MANUTENÇÃO DE PRÁTICAS QUE DESVALORIZAM O CORPO COMO ELEMENTO DE APRENDIZAGEM 2. PROMOVER UM ESPAÇO DE REFLEXÃO AOS EDUCADORES ACERCA DO PRÓPRIO CORPO 3. AMPLIAR A DISCUSSÃO ACERCA DA CORPOREIDADE E SUAS POSSIBILIDADES NO CONTEXTO ESCOLAR

III - CONTEÚDO: 1. ESTREITANDO AS RELAÇÕES ENTRE MEU CORPO E EU 2. POSSIBILIDADES DE USO DO CORPO NA ESCOLA 3. OFICINA DE ELABORAÇÃO DE PRÁTICAS CORPORAIS NAS DISCIPLINAS.

IV - METODOLOGIA: OS ENCONTROS CONTARÃO COM O USO DE APRESENTAÇÕES EM POWER POINT, A FIM DE INTRODUZIR A DISCUSSÃO DOS TEMAS A PARTIR DE IMAGENS E FRASES DE FORMA EXPOSITIVA. SERÃO UTILIZADOS RECURSOS RELACIONADOS AO MOVIMENTO, COMO DINÂMICAS CORPORAIS E ATIVIDADES EM GRUPO, ACOMPANHADOS DE RECURSOS MUSICAIS. CADA ENCONTRO SERÁ FINALIZADO COM UMA DISCUSSÃO ACERCA DO TEMA ABORDADO A PARTIR DAS VIVÊNCIAS PROPOSTAS.

V - PÚBLICO ALVO: AGENTE ESCOLAR, ASSISTENTE TÉCNICO DE EDUCAÇÃO I, AUXILIAR TÉCNICO DE EDUCAÇÃO, COORDENADOR PEDAGÓGICO, DIRETOR DE ESCOLA, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I, PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO, SECRETÁRIO DE ESCOLA, SUPERVISOR ESCOLAR

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 12 HORAS

VII - CRONOGRAMA: DIAS: 11, 18 E 25 /05/2016 HORÁRIO: DAS 18H30 ÀS 22H30 RUA XAVIER DA SILVA FERRÃO, 317 - SÍTIO MORRO GRANDE

VIII - TOTAL DE VAGAS: 50 VAGAS POR TURMA

IX - REGENTE: AMANDA MARTINEZ LOURIDO - CPF: 404.836.538-02

X- CERTIFICAÇÃO: SERÃO CONFERIDOS CERTIFICADOS AOS PARTICIPANTES QUE OBTIVEREM FREQUÊNCIA DE 100% E APROVEITAMENTO SATISFATÓRIO (S) DE ACORDO COM O PROCESSO DE AVALIAÇÃO. OBS: POR SER UM CURSO OPTATIVO, A PARTICIPAÇÃO NO CURSO NÃO PREVÊ A DISPENSA DE PONTO DO FUNCIONÁRIO.

XI - INSCRIÇÕES: SERÁ REALIZADA DIA 09/05/2016 NO LOCAL DO CURSO.


XII- ÁREA PROMOTORA:DIPED/DRE FREGUESIA /BRASILÂNDIA

CURSO CURRICULO INTEGRADOR PARA A GARANTIA DOS DIREITOS DA INFANCIA PAULISTANA

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 29/04/2016 – PÁGINA 71
COMUNICADO Nº 07, DE 26 DE ABRIL DE 2016.

O DIRETOR REGIONAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, CONFORME O QUE LHE REPRESENTOU A DIRETORA DA DIVISÃO PEDAGÓGICA – DIPED, COMUNICA A REALIZAÇÃO DO CURSO CURRICULO INTEGRADOR PARA A GARANTIA DOS DIREITOS DA INFANCIA PAULISTANA, CONFORME ESPECIFICAÇÕES A SEGUIR:

I - JUSTIFICATIVA: TENDO EM VISTA O PROGRAMA DE REORIENTAÇÃO CURRICULAR MAIS EDUCAÇÃO SÃO PAULO, AS PREMISSAS E PROPOSTAS ANUNCIADAS EM VÁRIOS DOCUMENTOS PUBLICADOS PELA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO (SME), FAZ-SE NECESSÁRIA A POTENCIALIZAÇÃO DE DIÁLOGOS E REFLEXÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES E PRINCÍPIOS A RESPEITO DAS DIVERSAS INFÂNCIAS E SEUS DIREITOS NA PERSPECTIVA DE UM CURRÍCULO INTEGRADOR, QUE SUPERE A FRAGMENTAÇÃO E A DESCONTINUIDADE NO PROCESSO EDUCATIVO.

II - OBJETIVOS: QUALIFICAR AS AÇOES PEDAGOGICAS DE EDUCADORES E EDUCADORAS DE MODO A GARANTIR A INTEGRAÇAO ENTRE OS OBJETIVOS E DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE CADA ETAPA/SEGMENTO CONSIDERANDO: A INTEIREZA E POTENCIALIDADE DOS BEBES E CRIANÇAS TANTO NA EDUCAÇAO INFANTIL COMO NO ENSINO FUNDAMENTAL, AS ESPECIFICIDADES E DIVERSIDADES DOS CONCEITOS DE INFANCIA E DE CRIANÇA, A ORGANIZAÇAO DE TEMPOS E ESPAÇOS AS MULTIPLAS LINGUAGENS A CULTURA DA LEITURA E DA ESCRITA O ACOMPANHAMENTO DAS APRENDIZAGENS E A DOCUMENTAÇAO PEDAGOGICA

III - CONTEÚDO: O CURRÍCULO INTEGRADOR: CONCEPÇOES E PRINCIPIOS DOCUMENTAÇÃO PEDAGÓGICA E ACOMPANHAMENTO DAS APRENDIZAGENS CULTURA ESCRITA E O BRINCAR MULTIPLAS LINGUAGENS

IV - METODOLOGIA: ESTRATÉGIAS FORMATIVAS DIVERSIFICADAS, VISANDO FAVORECER A PERMANENTE REFLEXÃO COM DIALOGICIDADE SOBRE AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS, SENDO PRIORIZADAS AS ATIVIDADES DE ESTUDO, DINÂMICAS DE GRUPO, LEITURAS, DISCUSSÕES, RELATOS E PROBLEMATIZAÇÕES DA PRÁTICA.

V - PÚBLICO ALVO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL (PEI) , PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I (PEIF I), COORDENADOR PEDAGÓGICO, DIRETOR DE ESCOLA, ASSISTENTE DE DIRETOR, SUPERVISOR ESCOLAR, ASSISTENTE TÉCNICO DE EDUCAÇÃO I, AUXILIAR TÉCNICO DE EDUCAÇÃO, AUXILIAR DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 16 HORAS

VII - CRONOGRAMA: TURMA A (8H ÀS 12H) 05/05; 17/05; 31/05 E 02/06/2016 TURMA B (13H30 ÀS 17H30) 05/05; 17/05; 31/05 E 02/06/2016 TURMA C (8H ÀS 12H) 09/06, 21/06, 30/06 E 05/07/2016 TURMA D (13H30 ÀS 17H30) 09/06, 21/06, 30/06 E 05/07/2016 TURMA E (8H ÀS 12H) 04/08, 11/08, 23/08 E 30/08/2016 TURMA F (13H30 ÀS 17H30) 04/08, 11/08, 23/08 E 30/08/2016

VIII - TOTAL DE VAGAS: 30 VAGAS POR TURMA QUANTIDADE DE TURMAS: 06

IX - REGENTES: JULIANE CORRÊA DOS ANJOS E TAÍS DIAS DA COSTA

X- CERTIFICAÇÃO: FARÃO JUS A CERTIFICAÇÃO OS PARTICIPANTES QUE OBTIVEREM APROVETAMENTO SATISFATÓRIO (S) E 75% DE PRESENÇA.

XI - INSCRIÇÕES: A PARTIR DE 19/04/2016 POR MEIO DOS SEGUINTES LINKS:


XII- ÁREA PROMOTORA: DIVISÃO PEDAGÓGICA DA DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO - ITAQUERA.

CURSO “SER MULHER” NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 29/04/2016 – PÁGINA 73
COMUNICADO Nº 22, DE 27 DE ABRIL DE 2016.

A DIRETORA REGIONAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, COMUNICA A REALIZAÇÃO DO CURSO “SER MULHER” NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA – AVANÇOS E DESAFIOS, CONFORME ESPECIFICAÇÕES A SEGUIR:

I - JUSTIFICATIVA: O PRESENTE CURSO OPTATIVO ESTÁ INSERIDO NO ÂMBITO DA DISCUSSÃO PROMOVIDA PELOS MOVIMENTOS SOCIAIS E ENCONTRA AMPARO NO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LEI Nº 16.271/15, META 03, ESTRATÉGIAS, 3.13; 3.14; 3.15; 3.18 E 3.20 - E DIALOGA DE FORMA ESTREITA COM A LEI MARIA DA PENHA Nº 11.340/06 NO QUE TANGE À NECESSIDADE DE SE DEBATER A CONSTRUÇÃO DA IGUALDADE ENTRE OS GÊNEROS, A QUAL REQUER FORTE MUDANÇA DE VALORES, PARTICIPA- ÇÃO COLETIVA E ATITUDES CONCRETAS NOS MAIS VARIADOS ESPAÇOS PÚBLICOS E PRIVADOS, NO ÂMBITO DOMÉSTICO, NA MÍDIA, NO AMBIENTE DE TRABALHO, NOS PARTIDOS POLÍTICOS, NOS SINDICATOS E NA VIDA COTIDIANA, ALIADA AO FORTALECIMENTO DE ORGANISMOS INSTITUCIONAIS DE POLÍ- TICAS PARA AS MULHERES, FORTALECENDO UMA POLÍTICA DE ESTADO QUE IMPULSIONE A EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA. ALÉM DISSO, DADOS DE PESQUISA RECENTE, COORDENADA PELO SOCIÓLOGO JÚLIO JACOBO WAISELFISZ, FEITA COM APOIO DA FACULDADE LATINO-AMERICANA DE CIÊNCIAS SOCIAIS – FLACSO – E DO INSTITUTO SANGARI (MAPA DA VIOLÊNCIA 2012), APONTOU QUE O BRASIL TEM O SÉTIMO MAIOR ÍNDICE DE HOMICÍDIOS DE MULHERES ENTRE 84 PAÍSES. DE ACORDO COM A PESQUISA, A TAXA DE HOMICÍDIO NO BRASIL FICOU EM TORNO DE 4,4 VÍTIMAS PARA CADA 100 MIL MULHERES. 69% DAS VÍTIMAS FEMININAS ATENDIDAS PELO SUS SOFREU O ATAQUE EM SUAS PRÓPRIAS CASAS. AS MULHERES BRASILEIRAS CHEFIAM 40% DOS LARES, CONSTITUEM 52% DA POPULAÇÃO E RESPONDEM POR MAIS DE 40% DA FORÇA DE TRABALHO FORMAL, O QUE CARACTERIZA SUA IMPORTÂNCIA EM RELAÇÃO AO PRODUTO INTERNO BRUTO (PIB) E SUA POSIÇÃO DE DESTAQUE NO DESENVOLVIMENTO DE SEUS PAÍSES. ESTE QUADRO REVELA QUE A POPULAÇÃO FEMININA VIVENCIA AINDA PARALELA E PARADOXALMENTE A OUTRA REALIDADE QUE PODEMOS CHAMAR DE “MEDIEVAL” E QUE TEM NA INVISIBILIDADE E PASSIVIDADE SOCIAL UMA DE SUAS MAIORES PERVERSÕES – A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER. EMBORA LEGALMENTE AMPARADA POR TRATADOS, DECLARAÇÕES, PACTOS, PLANOS DE AÇÃO, CONVENÇÕES INTERNACIONAIS E LEIS QUE LHE ASSEGURAM O DIREITO À CIDADANIA E PROTEÇÃO E, NO CASO DO BRASIL, PELA LEI MARIA DA PENHA, RECONHECIDAMENTE UM DOS MAIS EFICAZES INSTRUMENTOS DE COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER, AS MULHERES ENCONTRAM-SE, MUITAS VEZES, ENVOLTAS EM UM MANTO DE SILÊNCIO, ALIMENTADO, SOBRETUDO, POR RAZÕES CULTURAIS, QUE AINDA LEGITIMAM “A POSSE MASCULINA” DA SOCIEDADE. OS EDUCADORES QUE LIDAM EM SEU COTIDIANO COM O REFLEXO OU MESMO COM O PRÓPRIO RELATO DA VIOLÊNCIA, EM ESPECIAL DA VIOLÊNCIA DE GÊNERO, PODEM OBSERVAR EM SALA DE AULA UM DOS PIORES FENÔMENOS QUE É A BANALIZAÇÃO DESSA VIOLÊNCIA E OS PASSOS PRELIMINARES DO ENRAIZAMENTO DO PRECONCEITO CONTRA AS MULHERES EM SUA FORMA MAIS PERVERSA: NA VOZ DAS CRIANÇAS E DOS JOVENS. PREVENIR É POSSÍVEL. POR ISSO A FORMA COMO A SOCIEDADE EDUCA MENINOS E MENINAS – CRISTALIZANDO OU FLEXIBILIZANDO OS PAPÉIS DE GÊNERO – É UM FATOR DETERMINANTE PARA A MANUTENÇÃO OU QUEBRA DE VALORES ESTEREOTIPADOS. A ESCOLA DEVE SER O ESPAÇO DESTINADO À TRANSFORMAÇÃO.

II - OBJETIVOS: •EXPLICITAR E PROBLEMATIZAR CONCEITOS CENTRAIS À DISCUSSÃO DAS RELAÇÕES DE GÊNERO EM DIÁLOGO COM O CAMPO DA EDUCAÇÃO; •ESTABELECER UM ESPAÇO PARA TROCA DE CONHECIMENTOS E EXPERIÊNCIAS A RESPEITO DE QUESTÕES RELACIONADAS À MULHER, BEM COMO DAS RELAÇÕES SOCIAIS, POLÍTICAS E ECONÔMICAS NAS QUAIS SE INSEREM; •PROPICIAR AO PÚBLICO MOMENTOS DE REFLEXÃO SOBRE O ARCABOUÇO TEÓRICO E CONCEITUAL PAUTADO PELOS PESQUISADORES, REPRESENTANTES DOS MOVIMENTOS QUE DISCUTEM A QUESTÃO DE GÊNERO E ACADÊMICOS, BEM COMO A POSSIBILIDADE DE RELACIONAR AS FALAS PRODUZIDAS NESTE CONTEXTO À SUA PRÁTICA COTIDIANA NO ESPAÇO ESCOLAR.

III - CONTEÚDO: •“SER MULHER” NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA – AVANÇOS E DESAFIOS; •REFLEXÕES SOBRE A MULHER CONTEMPORÂNEA; •VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA: FERIDAS QUE NUNCA SE FECHAM; •DIREITOS DAS MULHERES TRANSEXUAIS E COMBATE À TRANSFOBIA. •A HISTÓRIA DA MULHER NOS MOVIMENTOS AMBIENTALISTAS; •PARTICIPAÇÃO SOCIAL DA MULHER NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA; •LIDERANÇAS FEMININAS NA HISTÓRIA E NO TERRITÓRIO. •MOVIMENTOS DE MULHERES POR EDUCAÇÃO NA PERIFERIA DA CIDADE; •PARTICIPAÇÃO DA MULHER NO ESPORTE – FUTEBOL FEMININO: CARTÃO VERMELHO PARA O PRECONCEITO; •A IMPORTÂNCIA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA AS MULHERES NA SUPERAÇÃO DAS DESIGUALDADES.

IV - METODOLOGIA: •EXPOSIÇÃO ORAL DOS COMPONENTES DA MESA E ABERTURA DE SESSÕES DE DEBATE COM OS PARTICIPANTES.

V - PÚBLICO ALVO: AGENTE DE APOIO, AGENTE ESCOLAR, ASSESSOR ESPECIAL, ASSESSOR TÉCNICO, ASSESSOR TÉCNICO EDUCACIONAL, ASSISTENTE TÉCNICO DE EDUCAÇÃO I, ASSISTENTE DE DIRETOR DE ESCOLA, ASSISTENTE TÉCNICO ADMINISTRATIVO, AUXILIAR ADMINISTRATIVO DE ENSINO, AUXILIAR DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL, AUXILIAR TÉCNICO DE EDUCAÇÃO, BIBLIOTECÁRIO, COORDENADOR DE AÇÃO CULTURAL / EDUCACIONAL, COORDENADOR DE ESPORTES E LAZER, COORDENADOR PEDAGÓGICO, DIRETOR DE DIVISÃO TÉCNICA, DIRETOR DE ESCOLA, DIRETOR DE ORIENTAÇÃO TÉCNICA, DIRETOR REGIONAL DE EDUCAÇÃO, ANALISTA DE INFORMAÇÃO CULTURAL E DESPORTIVA – BIBLIOTECA/ EDUCAÇÃO FÍSICA, GESTOR - CEU, ANALISTA DE SAÚDE, PROFESSOR DE BANDAS E FANFARRAS, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I, PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO, SECRETÁRIO DE ESCOLA, SUPERVISOR ESCOLAR

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 12 HORAS

VII - CRONOGRAMA: DIA 09/05/2016 DAS 19H ÀS 23H – MINISTRANTES: MARIA EFIGÊNIA RIBEIRO PEREIRA, ZULMARA SALVADOR E JULIANA CARDOSO. DIA 11/05/2016 DAS 19 ÀS 23H. MINISTRANTES: CARLOS EDUARDO PEREIRA DE SOUSA E LUÍSA COPPIETERS. DIA 18/05/2016 DAS 19H ÀS 23H. - MINISTRANTES: DENISE MOTTA DAU E ANANDA CAROLINE SANTOS. TURMA 01 - LOCAL: PRÉDIO REDONDO TURMA 02 - LOCAL: TEATRO CEU ALEGRE

VIII - TOTAL DE VAGAS: 50 VAGAS VAGAS POR TURMA QUANTIDADE DE TURMAS: 2

IX - REGENTES: ANANDA CAROLINE SANTOS; CARLOS EDUARDO PEREIRA DE SOUSA; DENISE MOTTA DAU; JULIANA CARDOSO; LUÍSA COPPIETERS; MARIA EFIGÊNIA RIBEIRO PEREIRA; ZULMARA SALVADOR

X- CERTIFICAÇÃO: FARÃO JUS À CERTIFICAÇÃO OS PARTICIPANTES QUE OBTIVEREM CONCEITO SATISFATÓRIO (S) E FREQUÊNCIA MÍNIMA DE 100%


XI - INSCRIÇÕES: OS INTERESSADOS DEVERÃO SE INSCREVER POR FORMULÁRIO ON-LINE ENVIADO PARA O E-MAIL DAS ESCOLAS, O QUAL DEVERÁ SER DEVOLVIDO AO SETOR COMPETENTE. LINK PARA INSCRIÇÕES:  goo.gl/wpWPG2   

quinta-feira, 28 de abril de 2016

CURSO TEMPOS E ESPAÇOS DE ESTUDO DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 28/04/2016 – PÁGINA 36
COMUNICADO Nº48, DE 26 DE ABRIL DE 2016.

O DIRETOR REGIONAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, COMUNICA A REALIZAÇÃO DO CURSO TEMPOS E ESPAÇOS DE ESTUDO DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA, CONFORME ESPECIFICAÇÕES A SEGUIR:

I - JUSTIFICATIVA: CONSIDERANDO A NECESSIDADE DA IMPLEMENTAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DE UM CURRÍCULO INTEGRADOR, OU SEJA, QUE FAVOREÇA A INTEGRALIDADE DE BEBÊS E CRIANÇAS,A INTERAÇÃO ENTRE NDIFERENTES IDADES E QUE ROMPA COM A CISÃO ENTRE CEI/EMEI/EMEF POSTO QUE CONSIDERA QUE A INFÂNCIA TAMBÉM ESTÁ PRESENTE NO ENSINO FUNDAMENTAL E QUE ESSAS SÃO PLURAIS, SE FAZ NECESSÁRIO CONHECER OS BEBÊS, AS CRIANÇAS, JOVENS E ADULTOS QUE VIVEM NO NOSSO TERRITÓRIO E PARA TANTO TORNA-SE ESSENCIAL A CRIAÇÃO DE ESPAÇOS DE DIÁLOGOS E REFLEXÃO ONDE AS COORDENADORAS (ES) PEDAGÓGICAS (OS) POSSAM QUALIFICAR, AMPLIAR E REFLETIR SOBRE AS DIMENSÕES FILOSÓFICAS, CIENTIFICAS E IDEOLÓGICAS PRESENTE NO SEU FAZER PEDAGÓGICO E SOBRE AS QUESTÕES LIGADAS AO CURRÍCULO PARA A INFÂNCIA.

II - OBJETIVOS: REFLETIR SOBRE O ACOMPANHAMENTO DA ROTINA, PROMOVER REFLEXÕES COM OS COORDENADORES PEDAGÓGICOS SOBRE O CURRÍCULO PARA A INFÂNCIA PARA QUE POSSAMOS PROMOVER UM MOVIMENTO DE REORIENTAÇÃO CURRICULAR QUE SEJA COERENTE COM AS CONCEPÇÕES DE CRIANÇA/ INFÂNCIA CONTIDAS NOS DOCUMENTOS DA SME

III - CONTEÚDO: PRINCÍPIOS VALORATIVOS NAS ESCOLHAS CURRICULARES, ACERCA DA INFÂNCIA: CRIANÇA, ALUNO E CURRÍCULO

IV - METODOLOGIA: O CURSO ESTÁ ORGANIZADO EM TORNO DE UM CONJUNTO DE DIÁLOGOS REFLEXIVOS POR MEIO DE ANÁLISE E REFLEXÕES, ENCAMINHADAS POR MEIO DE LEITURAS TEÓRICAS, SOBRE AS QUESTÕES RELATIVAS AO ACOMPANHAMENTO DAS ROTINAS, ORGANIZAÇÃO DOS AGRUPAMENTOS, QUALIFICAÇÃO DOS REGISTROS E PROJETOS DA UNIDADE. OS PARTICIPANTES TERÃO UMA CARGA DE LEITURA A SER FEITA FORA DOS ENCONTROS.

V - PÚBLICO ALVO: COORDENADOR PEDAGÓGICO ATUANDO NA EDUCAÇÃO INFANTIL E NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO.EM EXERCÍCIO NA DRE CAMPO LIMPO

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 15 HORAS

VII - CRONOGRAMA: DATAS: 03/05/2016, 17/05/2016, 31/05/2016,14/06/2016, 28/06/2016 HORÁRIO: 08H30 ÀS 11H30 LOCAL: DRE CAMPO LIMPO - AVENIDA JOÃO DIAS, 3763 -JARDIM SANTO ANTÔNIO

VIII - TOTAL DE VAGAS: 50 VAGAS POR TURMA

IX - REGENTE: MARIA DE FÁTIMA AYRES ARRUDA DE CAMARGO

X- CERTIFICAÇÃO: TERÃO DIREITO AO CERTIFICADO OS PARTICIPANTES QUE OBTIVEREM 100% DE FREQUÊNCIA E APROVEITAMENTO SATISFATÓRIO (S).

XI - INSCRIÇÕES: INSCRIÇÕES A PARTIR DAS 12H DO DIA 28/04/2016 ATÉ O TÉRMINO DAS VAGAS NO LINK: http://goo.gl/forms/R76xvSFZjz


XII- ÁREA PROMOTORA: DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO - CAMPO LIMPO DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO - CAMPO LIMPO 

CURSO CRIAÇÃO LITERÁRIA: INCENTIVANDO A AUTORIA

DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE - 28/04/2016 – PÁGINA 36
COMUNICADO Nº 10 ,DE 26 DE ABRIL DE 2016.

O DIRETOR REGIONAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, COMUNICA A REALIZAÇÃO DO CURSO CRIAÇÃO LITERÁRIA: INCENTIVANDO A AUTORIA, CONFORME ESPECIFICAÇÕES A SEGUIR:

I - JUSTIFICATIVA: A IMPORTÂNCIA DE INCENTIVAR A AUTORIA ENTRE OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO E REFLETIR SOBRE O PROCESSO DE CRIAÇÃO LITERÁRIA COMO NECESSIDADE SOCIAL E EXPRESSÃO ARTÍSTICA. DE ACORDO COM A NOTA TÉCNICA Nº6 – PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO SÃO PAULO AUTORIA (CONCEITO DE AUTORIA E O CICLO AUTORAL), O PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO É CONCEBIDO TAMBÉM COMO AUTOR DE INTERVENÇÕES SOCIAIS. NESTE SENTIDO, A FORMAÇÃO É DE GRANDE IMPORTÂNCIA, POIS FOMENTA OS PROCESSOS CRIATIVOS E TRABALHA AS POTENCIALIDADES DOS SERVIDORES, PREPARANDO-OS PARA DESENVOLVER O MESMO PROCESSO COM OS ESTUDANTES.

II - OBJETIVOS: TRABALHAR OS GÊNEROS POESIA, CONTO E OUTROS. PROPORCIONAR MOMENTOS EM QUE OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO POSSAM DESENVOLVER SUA CRIATIVIDADE. INCENTIVAR TRABALHOS DE PRODUÇÕES ARTÍSTICAS E LITERÁRIAS NAS UNIDADES.

III - CONTEÚDO: GÊNEROS LITERÁRIOS, TÉCNICAS E PRODUÇÃO TEXTUAL, TEXTOS DIVERSOS.

IV - METODOLOGIA: ESTUDO DE REFERENCIAIS TEÓRICOS E TEXTOS LITERÁ- RIOS, DIÁLOGOS, PRODUÇÕES TEXTUAIS INDIVIDUAIS E COLETIVAS, TROCA DE EXPERIÊNCIAS, DINÂMICAS, ATIVIDADES EXTRACLASSE. OS TRABALHOS REALIZADOS PODERÃO PARTICIPAR DO CONCURSO DA DRE-CL E COOPERIFA, A SER REALIZADO NO SEGUNDO SEMESTRE DESTE ANOESTUDO DE REFERENCIAIS TEÓRICOS E TEXTOS LITERÁRIOS, DIÁLOGOS, PRODUÇÕES TEXTUAIS INDIVIDUAIS E COLETIVAS, TROCA DE EXPERIÊNCIAS, DINÂMICAS, ATIVIDADES EXTRACLASSE. OS TRABALHOS REALIZADOS PODERÃO PARTICIPAR DO CONCURSO DA DRE-CL E COOPERIFA, A SER REALIZADO NO SEGUNDO SEMESTRE DESTE ANO

V - PÚBLICO ALVO: AGENTE ESCOLAR, AGENTE DE APOIO, AUXILIAR TÉCNICO DE EDUCAÇÃO, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I, PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO, EFETIVOS E DESIGNADOS, COORDENADOR PEDAGÓGICO, DIRETOR DE ESCOLA E SUPERVISOR ESCOLAR, QUE ATUEM NA DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO CAMPO LIMPO - DRE-CL.

VI - CARGA HORÁRIA TOTAL: 16 HORAS

VII - CRONOGRAMA: POLO DRE CAMPO LIMPO TURMA I DATAS: 07/05/2016, 21/05/2016, 04/06/2016 E 18/06/2016 (SÁBADOS) HORÁRIO: DAS 8H ÀS 12H

VIII - TOTAL DE VAGAS: 40 VAGAS POR TURMA QUANTIDADE DE TURMAS: 1

IX - REGENTES: ANTÔNIA APARECIDA PEDRO. RF.: 673 5461 E MARCOS RODRIGO LOUVEM DA ROSA. RF.: 786 2971.

X- CERTIFICAÇÃO: OS PARTICIPANTES DEVEM OBTER O CONCEITO SATISFATÓRIO (S) E 100% DE FREQUÊNCIA, REALIZAR ATIVIDADES EM AULA, AS QUAIS PASSARÃO POR AVALIAÇÃO DOS FORMADORES.

XI - INSCRIÇÕES: CADA PARTICIPANTE DEVERÁ RESPONDER QUESTIONÁRIO E FORMULÁRIO NO GOOGLE DOC COM OS SEGUINTES DADOS: NOME COMPLETO, CARGO, FUNÇÃO, QPE, RF, VÍNCULO, CATEGORIA FUNCIONAL, RG, CPF, UNIDADE DE LOTAÇÃO, UNIDADE DE EXERCÍCIO, E-MAIL PESSOAL. NO SEGUINTE LINK: http://goo.gl/forms/2HBTki5mwj  A PARTIR DO DIA 02/05/2016 ÀS 9H ATÉ O DIA 04/05/2016 ÀS 16H OU ATÉ QUE SE ESGOTEM AS VAGAS.


XII- ÁREA PROMOTORA: DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE CAMPO LIMPO - CEFAI