quinta-feira, 4 de agosto de 2016

CURSO “MIGRAÇÃO COMO DIREITO HUMANO: ROMPENDO O VÍNCULO COM O TRABALHO ESCRAVO” - MÓDULO II


DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO – CIDADE – 03/08/2016  -  PÁGINA 32


COMUNICADO Nº 875, DE 02 DE AGOSTO DE 2016.



A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe representou a Coordenadora da COPED/NTC/NÚCLEO DE EDUCAÇÃO ÉTNICORACIAL, COMUNICA a realização do CURSO “MIGRAÇÃO COMO DIREITO HUMANO: ROMPENDO O VÍNCULO COM O TRABALHO ESCRAVO” - MÓDULO II, conforme especificações a seguir:



I - OBJETIVOS: - Acompanhar e sistematizar o desenvolvimento de atividades pedagógicas sobre os temas migração, trabalho escravo e tráfico de pessoas, nas escolas participantes do projeto. - Fornecer novas referências teóricas e práticas para os educadores sobre os temas



II - CONTEÚDO: - Os encontros terão como finalidade principal a troca de experiências pedagógicas das escolas na abordagem dos temas sobre migração, trabalho escravo e tráfico de pessoas. Durante os encontros, os formadores e os educadores discutirão estratégias metodológicas para superar os desafios verificados na etapa de multiplicação da proposta do projeto e para impulsionar as boas práticas em curso.



III - METODOLOGIA: As aulas contarão com atividades expositivas, recursos audiovisuais (documentários, músicas e animações) e multimídia, debate, dinâmicas pedagógicas, leitura e análise de material didático e manuais de orientação pedagógica, com uso da Plataforma Digital Ipê, elaborados pelo Programa Escravo, Nem Pensar!. O acompanhamento pedagógico servirá para orientar o desenvolvimento das atividades nas escolas pelos Coordenadores Pedagógicos, com professores e alunos. Os participantes do curso deverão, no decorrer do percurso formativo, compartilhar as discussões e vivências das quais participaram e utilizando-se da metodologia proposta, desenvolver projetos com a finalidade de promover a discussão do tema da migração e/ou trabalho escravo em suas Unidades Educacionais.



IV - PÚBLICO ALVO: Assistente Técnico de Educação I, Coordenador Pedagógico, Diretor de Escola, Prof. de Educação Infantil, Prof. Ed. Infantil e Ens. Fund. I, Prof. Ens.Fund. II e Médio, Supervisor Escolar.



V - CARGA HORÁRIA TOTAL: 16 horas



VI - CRONOGRAMA: 1º Encontro: 11/08/2016, das 08h00 às 17h00 - Conteúdo conceitual: Migração e Trabalho Escravo - apresentação de casos recentes de trabalho escravo na confecção têxtil de São Paulo. - Painel das escolas – Conquistas e Desafios: relatos sobre atividades de multiplicação da proposta do projeto nas escolas; - Assessoria Pedagógica: apresentação de propostas para impulsionar a abordagem nas escolas dos temas Migração, Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas; 2º Encontro: - Conteúdo conceitual: O Trabalho Infantil no Brasil – aspectos centrais e relações com o trabalho escravo - Painel das escolas – Conquistas e desafios: relatos sobre atividades de multiplicação da proposta do projeto nas escolas; - Apresentação dos resultados qualitativos e quantitativos do projeto que serão publicados no Caderno de Resultados do Projeto - Assessoria Pedagógica: discussão de propostas para institucionalizar a abordagem pedagógica dos temas Migração, Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas, nas escolas.



VII - TOTAL DE VAGAS: 50 vagas por Turma QUANTIDADE DE TURMAS: 1



VIII - REGENTES: Thiago Castelli e Nathalia Suzuki



IX – LOCAL: BIBLIOTECA MUNICIPAL MONTEIRO LOBATO - Rua General Jardim, 485 – Vila Buarque, São Paulo – SP.



X- CERTIFICAÇÃO: Participação nas atividades do curso e frequência de 100%.



XI - INSCRIÇÕES (LOCAL, HORÁRIO, DOCUMENTOS NECESSÁRIOS): Estarão inscritos automaticamente os educadores que participaram do módulo I do curso, ofertado em abril de 2016.



XII DISPENSA DE PONTO: Os participantes do curso farão jus a dispensa do ponto, conforme disposto na Portaria SME Nº 5.415 de 02/08/2016,



XIII- ÁREA PROMOTORA: COPED/NTC/NÚCLEO DE EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário